10/07/2019 às 06h00min - Atualizada em 10/07/2019 às 06h00min

Agentes de segurança pública do Amapá fazem intercâmbio na Guiana Francesa

Viagem faz parte do Curso Superior de Polícia ofertado pelo Governo do Amapá e coordenado pela Escola de Administração Pública (EAP).

Portal Amapá
Diretor-presidente da EAP, Jorielson Nascimento, é um dos coordenadores da delegação brasileira. (EAP)

Uma equipe composta por 29 agentes da área de segurança pública Amapá, está em Cayenne, na Guiana Francesa (FRA), para participar de uma série de visitas técnicas, que tem como objetivo o compartilhamento de conhecimentos entre as policias das duas regiões. A viagem de estudo faz parte da grade do Curso Superior de Polícia (CSP), ofertado pelo Governo do Amapá e coordenado pela Escola de Administração Pública (EAP).

A comitiva brasileira é formada por 21 oficiais da Polícia Militar, três oficiais do Corpo de Bombeiros, dois agentes da Guarda Municipal, dois agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e um agente penitenciário. Os brasileiros ficam em território francês no período de 7 a 12 de julho.

Na Guiana Francesa os agentes brasileiros estão conhecendo os aparelhos de tecnologias usados pelas polícias da França no combate às ações criminosas e o sistema de segurança pública francesa, além de visitas institucionais ao Consulado Brasileiro, Escritório da Polícia Federal (PF) e aos Centros da Gendarmerie (força militar) e penitenciário.

O diretor-presidente da EAP, Jorielson Nascimento, é um dos coordenadores da delegação. Para ele, a troca de experiências só aumenta o nível dos agentes brasileiros. “Nós queremos adquirir conhecimentos e adequar a nossa realidade e colocar em prática em nosso país. Assim como os franceses também aprendem conosco em diversos pontos e, dessa maneira, conseguimos aproximar os dois estados”, declarou.

Durante a estada em território francês a comissão da área de segurança brasileira visitará todas as instalações das polícias da Guiana Francesa, do Governo e do Centro Espacial, com a síntese de aquisição de tecnologias, visando mais eficiência e modernização do sistema de segurança do Amapá.

Curso Superior de Polícia

O CSP tem carga horária de 420 horas, com 15 disciplinas e a visita à Guina Francesa é a etapa final da capacitação, que iniciou no mês de abril e está encerrando em julho. Neste período, os agentes da área de segurança tiveram aulas com oficiais do Exército Brasileiro, Policia Militar e desembargadores, além de mestres nas áreas de comunicação, política e economia social. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »