20/10/2021 às 19h57min - Atualizada em 20/10/2021 às 19h57min

Ex-garçom, sósia de Neymar que parou shopping em SP fatura com propagandas

O paulista Eigon Oliveira promete uma segunda parte da pegadinha que viralizou; ele já foi "dublê" do jogador em 20 comerciais

Com informações do Metrópoles
Foto: Reprodução
Eles têm apenas 2 centímetros de diferença na altura, mas quem repara nisso quando as roupas, o jeito de andar, o corte de cabelo e os gestos são idênticos? As semelhanças fazem do paulista Eigon Oliveira, de 29 anos, o principal sósia de Neymar, jogador da seleção brasileira de futebol e do Paris Saint-Germain.
 

Na última semana, o rapaz que ganha a vida como dublê do atleta parou o Shopping Anália Franco, em São Paulo, e causou euforia entre os frequentadores do centro comercial. A pegadinha foi planejada por Eigon: ele escalou quatro amigos para fingirem ser seguranças, vestidos de ternos, enquanto chamava a atenção de quem passeava pelo lugar e filmava tudo.

“Vesti uma roupa igual a do Neymar, mandei fazer máscaras como as que os atletas do Paris Saint-Germain usam e entramos no shopping, em um rolê muito louco. Quem não gostou muito foram os seguranças do shopping, que ficaram tensos com a surpresa. Mas é muito doida a sensação de ser seguido por quem acha que eu sou o Neymar. Eles pedem para tirar fotos, querem chegar perto, falar comigo, quer dizer, com ele”, diverte-se, em entrevista ao Metrópoles.

A transformação

A história de Eigon como Neymar começou há pouco mais de uma década, quando o jovem trabalhava em um clube de motos como lavador dos veículos durante o dia e garçom à noite no bar do endereço em São Paulo. “Como tinham muitos frequentadores de Santos [cidade natal do astro], eles me achavam parecido com o craque e pediam fotos para tirar onda com parentes, para mandar para os filhos. Resolvi entrar na brincadeira, fiz um moicano e chamei ainda mais a atenção. Meu antigo chefe tirou fotos minhas, mandou para uma agência e eu comecei a trabalhar como sósia do ídolo”, lembra.

Antes com salário de R$ 650, Eigon passou a fazer parte do elenco do antigo programa Zorra, da TV Globo, onde gravou com sósias de Pelé e Romário por cinco anos. “Fiz programas de TV, participei da Ana Maria Braga, do Faustão, da Fátima Bernardes. Assim, acabei conhecendo o Neymar e passei a ser seu dublê. Foram pelo menos vinte comerciais nesse papel”, enumera o sósia, que diz ganhar hoje cerca de R$ 3 mil a cada três stories publicados nas redes sociais. No Instagram @sosiadoney, onde posta vídeos divertidos, conta com 460 mil seguidores.

“A vida mudou muito. As pessoas possuem carências de ídolos e e isso também me impulsionou, assim como a pandemia, que levou todo mundo a buscar entretenimento na internet”, acrescenta, lembrando que fez uma pausa na carreira de dublê para trabalhar com games entre 2014 e 2020.

 




 

Notícias Relacionadas »
Comentários »