22/10/2021 às 12h09min - Atualizada em 22/10/2021 às 12h09min

Suspeito de matar PM é preso pela Polícia Federal no Amapá por crimes sexuais contra garoto português.

Criminoso teria trocado mensagens e imagens de cunho sexual com garoto português de 13 anos.

Da Redação
Foto: PF/Divulgação
Nesta sexta-feira (22), um homem de 31 anos foi preso no município do Amapá, distante 307 km de Macapá,  durante a Operação Sem Fronteiras deflagrada pela Polícia Federal (PF). A ação investiga crimes de aliciamento de menor para prática de atos libidinosos, além do armazenamento e transmissão de pornografia infantil. 

A investigação apontou que o suspeito trocou mensagens, fotos e vídeos de cunho sexual com um adolescente português de 13 anos, por meio do Facebook. 



O homem preso passou 30 dias preso temporariamente suspeito do assassinato do policial militar Amauri do Nascimento Barros, ocorrido na Zona Sul de Macapá em março de 2018.

Segundo da Polícia Federal o criminoso não usava o nome verdadeiro na rede social. O caso foi denunciado pela mãe do menor à Polícia Judiciária Portuguesa, que repassou as informações para a Secretaria de Cooperação Internacional.

Notícias Relacionadas »
Comentários »