27/04/2019 às 06h00min - Atualizada em 27/04/2019 às 06h00min

Maia: sem reforma da Previdência, Brasil ficará como a Argentina

País vizinho passa por uma forte desvalorização da sua moeda, inflação alta e baixo crescimento econômico

EBC
Para Maia, Argentina paga a conta por não ter feito ajuste fiscal. (J.Batista/Câmara dos Deputados)

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou  que, sem a reforma da Previdência, o Brasil pode passar por uma crise econômica semelhante à enfrentada atualmente pela Argentina.

A Argentina passa por uma forte desvalorização da sua moeda, inflação alta e baixo crescimento econômico. Segundo ele, o país vizinho está “pagando a conta” por não ter feito o ajuste fiscal necessário para melhorar a economia. Maia também ressaltou que a reforma vai trazer credibilidade ao País e garantir o futuro das novas gerações.

“O que a Argentina vem passando nos últimos dias é uma sinalização clara de que um país que não faz o seu ajuste fiscal paga a conta. Infelizmente, a Argentina está pagando uma conta alta do aumento do desemprego, de aumento da inflação que corrói, em primeiro lugar, o salário dos que ganham menos”, afirmou Rodrigo Maia.

Bolsonaro
Mais cedo, em café da manhã com jornalistas, o presidente da República, Jair Bolsonaro, também usou o país vizinho como exemplo. Ele disse que, com base em avaliação do ministro da Economia, Paulo Guedes, se a reforma representar uma economia menor que R$ 800 bilhões em dez anos, a situação fiscal do Brasil será semelhante à da Argentina.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »