11/07/2019 às 22h00min - Atualizada em 11/07/2019 às 22h00min

Jovens turistas guianenses se impressionam com equilíbrio do ovo na Linha do Equador

Grupo com 40 crianças e adolescentes da Guiana Francesa fazem tour em Macapá até o dia 20. Eles visitam os principais pontos turísticos da região.

Portal Amapá
Turistas em visita ao Marco Zero do Equador, na zona sul de Macapá. (Maksuel Martins)

Um grupo com 40 crianças e adolescentes da Guiana Francesa, com idades entre 8 e 15 anos, visitou a Fortaleza de São José de Macapá e o Monumento Marco Zero do Equador. Eles compõem uma programação turística em território brasileiro, organizada pela Associação Tourépé, de Cayenne (FRA). A entidade trabalha com projetos musicais e de lazer. A comitiva chegou ao Amapá no dia 7 de julho, e deve permanecer até o dia 20 do mesmo mês.

A recepção aos guianenses foi organizada pela Secretaria de Estado do Turismo do Amapá (Setur), que projetou junto com a Tourépé todo o roteiro de visitas para os pequenos turistas, e cedeu o transporte, guias e intérpretes.    

De acordo com diretor de Planejamento da Setur, Sandro Borges, a estada dos guianenses no Amapá é importante, para que os pequenos e jovens conheçam as potencialidades turísticas do estado.

“Estamos trabalhando em parceria com esta associação guianense, e colocamos à disposição uma estrutura que promova não somente o turismo, mas, o setor econômico e intercâmbio cultural, pois, para nós, é importante criar esse laço entre os dois países e atrair mais e mais o turista guianense ao Amapá”, falou o diretor.

 

Neste período do ano, a Guiana Francesa tem a chamada grandes férias escolares, ocasião em que diversas colônias de férias são organizadas, com destino ao exterior. Para esse grupo, o Amapá foi o escolhido.

Segundo a coordenadora da Associação Tourépé, Lindalva dos Anjos, esta é a primeira vez que estes jovens vêm ao Brasil, aprender mais sobre o país vizinho.

“Essa é a primeira excursão da nossa associação, e escolhemos o Amapá, por causa das belezas naturais, a Amazônia, o Rio Amazonas, e por ter o fator financeiro favorável e, logicamente, garantimos experiência e conhecimentos sobre o Brasil aos nossos jovens guianenses”, destacou.

 

Um dos turistas é o adolescente Daniel Tayrich, de 12 anos. Ele conta que se surpreendeu com o tamanho da estrutura da Fortaleza de São José e com a experiência de conseguir equilibrar um ovo na linha do Marco Zero do Equador.

“Estou impressionado com a dimensão da fortaleza, ela é toda de pedra, é realmente muito bela. Também fiquei muito curioso com o experimento de conseguir equilibrar um ovo certo na linha que divide o mundo. Para mim, é algo que nunca imaginava. Quero voltar em outra oportunidade, mas, com os meus pais”, disse.

No Marco Zero, os turistas puderam degustar bombons de açaí, castanha e cupuaçu, que foram aprovados pelos visitantes. O tour pela cidade Macapá incluirá, ainda, visitas à Fazendinha, Museu Sacaca, Curiaú e shoppings, além de restaurantes com culinária amapaense.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »