16/07/2019 às 06h00min - Atualizada em 16/07/2019 às 06h00min

Mais de 600 professores do Estado são beneficiados com progressão salarial

Atualização é uma das medidas previstas na Lei Ordinária n°003/2019, de autoria do Executivo, sancionada por Waldez Góes em março deste ano.

Portal Amapá
Waldez Góes, a medida valoriza o servidor e qualifica o ensino público amapaense. (Márcio Pinheiro)

O Governo do Amapá concedeu progressão salarial a 652 professores Classe A. Os decretos que garantem o benefício foram assinados pelo governador Waldez Góes. A medida assegura a evolução destes profissionais para o nível correspondente à titulação, dentro da mesma classe.

Com a progressão, um professor com pós-graduação, mestrado ou doutorado, por exemplo, poderá ser remunerado de acordo com a formação acadêmica adquirida ao longo de sua carreira. Até o fim do ano, aproximadamente 1,5 mil servidores da Educação poderão receber o benefício.

A progressão salarial é uma das medidas previstas na Lei Ordinária n°003/2019, de autoria do Executivo, sancionada por Waldez em março deste ano
. O governador explicou que a nova legislação atende a uma antiga reivindicação da categoria, e é fruto de diálogos com os sindicatos através de rodadas da Agenda do Servidor.

Para Waldez, a ação valoriza o servidor e qualifica o ensino público amapaense. “Construímos uma nova lei e estamos reconhecendo as qualificações dos nossos professores que foram em busca de mais conhecimento e possuem especializações, mestrados ou doutorados. Quem ganha com isso é a população, que passa a ser atendida por profissionais mais qualificados e melhor remunerados”, registrou o governador.

Segundo a Secretaria de Estado de Administração (Sead), os decretos com as progressões serão publicados ao longo da semana no Diário Oficial do Estado do Amapá (DOE).


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »