16/07/2019 às 20h00min - Atualizada em 16/07/2019 às 20h00min

Programação de férias de escola bilíngue exibe filme francês para estudantes

Em parceria com Embaixada da França no Brasil, escola exibiu o filme francês “Asterix e o segredo da poção mágica”.

Portal Amapá
Exibição do filme foi destinada a alunos do 5º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Professora Marly Maria e Souza da Silva. (Pedro Gomes/Seed)

A Escola Estadual Professora Marly Maria e Souza da Silva, em parceria com a Embaixada da França no Brasil, exibiu o filme francês “Asterix e o segredo da poção mágica", que integra o Festival Varilux de Cinema Francês 2019. A atividade de férias foi destinada aos estudantes do 5º ano do ensino fundamental.

A escola Marly Maria é a primeira de classes bilíngues do Amapá (português-francês) e fica localizada no Conjunto Macapaba, na zona norte de Macapá. O filme de animação foi fornecido pela Embaixada da França a todas as escolas bilíngues do país. O Festival Varilux de Cinema Francês é um evento anual que exibe produções mais recentes do cinema francês em várias cidades do brasileiras.

Segundo Elivanete Gomes, coordenadora linguística de educação bilíngue da instituição, a proposta do cinema na escola visa proporcionar uma atividade diferenciada nesse período de férias e fornecer um pouco da cultura e produção francesa aos alunos do 5º ano, visto que, por enquanto, apenas os estudantes do 1º e 2º ano do ensino fundamental estudam na metodologia de ensino bilíngue. O modelo é expandido gradativamente, por ano, até chegar a todas as séries.

“Queremos que os nossos alunos que sairão da escola este ano também tenham contato com a cultura francesa. Além disso, em agosto, vamos proporcionar oficinas de francês no contraturno escolar para que esses estudantes tenham noções básicas da língua francesa”, acrescentou a coordenadora.

A estudante Sophia Nicole, 8 anos, assistiu pela primeira vez um filme com áudio em francês e legenda em português. Para ela, a experiência foi muito legal. “Eu estou gostando bastante do filme. Nunca tinha visto em francês, porque só assisto em casa. É legal!”, descreveu.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »