08/01/2022 às 15h44min - Atualizada em 08/01/2022 às 15h44min

Rocha desaba em Capitólio (MG) e atinge lanchas; uma morte foi confirmada

Segundo tenente Pedro Aihara, dos Bombeiros, havia por volta de setenta pessoas fazendo turismo na região

Com informações da CNN
Foto: Reprodução

O desabamento de uma rocha sobre lanchas na região de Capitólio, em Minas Gerais, deixou ao menos uma morte no começo da tarde deste sábado (8).

Um vídeo que circula nas redes sociais, cuja veracidade foi confirmada pelos bombeiros, mostra o momento em que um grande bloco de pedras desaba na água.

O tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de MG, confirmou que uma pessoa morreu e disse que o quadro pode evoluir para um segundo óbito. Disse ainda que há entre quinze e vinte pessoas diretamente afetadas pelo incidente.

O tenente diz ainda que havia por volta de setenta pessoas fazendo turismo na região.

Além do Batalhão de Operações Aéreas, mergulhadores já estão atuando no local.

Aihara explica que há riscos de novos desabamentos, já que há rochas sedimentares na região. “É possível que haja novos acidentes, porque a água das chuvas penetra nas rochas, que têm menor resistência à ação da água e de vento”.

Muito procurada por turistas, a região de Capitólio tem cânions naturais, águas boas para navegação e diversão aquática. Além disso, a região é próxima de áreas urbanas, onde há estrutura de hotéis, pousadas e casas de veraneio para atender a demanda dos visitantes.

A recomendação do tenente é que, num momento de fortes chuvas, as pessoas mantenham distância segura de estruturas rochosas. “Essa  recomendação pode ser reavaliada após análise dos bombeiros”, diz.

A Marinha instaurou inquérito para investigar o acidente. Em comunicado, a Marinha informa que a Delegacia Fluvial de Furnas deslocou imediatamente equipes de Busca e Salvamento para o local para prestar o apoio necessário às tripulações envolvidas no acidente, no transporte de feridos para a Santa Casa de Capitólio e no auxílio de outros órgãos que atuam no local.

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »