10/01/2022 às 09h00min - Atualizada em 10/01/2022 às 09h00min

Foliculite e depilação: causas e efeitos da inflamação de pele

O pelo encravado inflama e fica com um aspecto de espinha. Muitas vezes fica até dolorido e a região mais avermelhada. Então, isso é mais comum do que se imagina: é uma doença que se chama foliculite.

DINO
http://www.hsmed.com.br
foliculite


Foliculite é uma infecção aguda ou crônica de pele que se inicia nos folículos pilosos. Estruturas complexas responsáveis pelo nascimento e crescimento dos pelos por todo o corpo. Geralmente, essa infecção tem como consequência a inflamação da região que se manifesta como pequenas erupções, (parecidas com espinhas), com ponta branca em torno do folículo piloso acometido. Com isso, a região pode ficar dolorida, avermelhada e gerar até mesmo coceira.

Em casos mais graves, há necessidade de um acompanhamento mais rigoroso ao médico e alguns precisam até mesmo de intervenção cirúrgica. Embora a maioria dos casos sejam superficiais, em quadros mais graves há tratamento também. A rigor, qualquer pessoa pode apresentar esses sintomas de inflamação dos pelos, porém algumas têm mais predisposição a desenvolver esse problema. Como é o caso de pessoas com fototipo mais alto, obesos e pessoas com baixa imunidade.

Causas da foliculite

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a foliculite, geralmente, é motivada por infecções bacterianas (sendo a mais comum a Staphilococcus aureus - uma bactéria comum que se aloja na pele dos seres humanos) ou fúngicas, mas também pode ser ocasionada por vírus ou outros fatores. Outro fator de disparo para inflações dos pelos é a prática da depilação, ou seja, a extração do pelo pela raiz. Causando micro lesões na pele, facilitando a entrada de bactérias, principalmente nos casos de depilação com lâmina.

O pelo encravado também pode levar à foliculite, pois é considerado pelo organismo como um corpo estranho, desencadeando um processo inflamatório na região. A foliculite pode surgir em qualquer região do corpo em que haja pelos.

Além das condições descritas, as causas mais comuns são:

• uso de roupas muito justas ou que retêm umidade e calor;
• escoriações na pele;
• lesões na pele por arranhões ou feridas cirúrgicas;
• picadas de insetos;
• enfermidades como a acne e a dermatite;
• uso tópico e contínuo de cremes esteroides e de antibióticos;
• calor e suor, como o causado pelo uso de luvas ou botas de borracha;
• curativos de plástico ou fita adesiva em contato com áreas de pelo.

Regiões do corpo mais comuns para apresentar foliculite são:

• Face;
• Axilas;
• Nádegas;
• Virilha.

Depilação a laser
A depilação é uma alternativa para evitar a foliculite. A depilação a laser pode ser realizada em quase todas as áreas do corpo com exceção das mucosas, da parte inferior das sobrancelhas e diretamente sobre os órgão genitais. No procedimento o profissional irá utilizar um aparelho de laser como o vega laser que emite um comprimento de onda que gera calor e que atinge o local onde o pelo cresce, danificando-o, o resultado é a eliminação do pelo.

Notícias Relacionadas »
Comentários »