17/07/2019 às 06h00min - Atualizada em 17/07/2019 às 06h00min

Assembleia decidirá comissão para eleição da cadeira do marabaixo

Eleição será a primeira após instituição para a cadeira, quando foram efetivadas, também, as vagas de capoeira e cultura indígena.

Portal Amapá
Representantes do marabaixo interessados devem participar do evento. (Gabriel Penha/Seafro)

Representantes do marabaixo interessados em concorrer à vaga no Conselho Estadual de Política Cultural (CEPC) devem participar da assembleia geral que formará a comissão eleitoral. A reunião será no dia 18 de julho, às 15h, na sede da entidade.

A assembleia é uma etapa preparatória do processo que elegerá o representante do segmento no conselho. Poderão participar comunidades quilombolas, entidades culturais, academias, movimentos culturais, associações, grupos e federações ligadas ao marabaixo.

Esta é a primeira eleição para a cadeira, instituída em julho, após o governador Waldez Góes assinar o projeto de lei efetivando as cadeiras de capoeira e cultura indígena, e criando a cadeira do marabaixo
.

“Finalizamos o procedimento e regimento eleitoral e elaboramos o cronograma do processo. Agora, é reunir o segmento”, falou o presidente do CEPC, Cléverson da Costa.

Na assembleia, também será divulgado o regulamento da eleição, prevista para ocorrer no dia 31 de agosto.

O conselho

O Conselho Estadual de Política Cultural é um órgão vinculado à Secretaria de Estado da Cultura (Secult), que integra o Sistema Estadual de Cultura, com a função de elaborar, acompanhar, executar, fiscalizar e avaliar as políticas públicas de cultura estabelecidas no Plano Estadual de Cultura (PEC).


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »