13/01/2022 às 18h49min - Atualizada em 13/01/2022 às 18h49min

Covid-19: Amapá receberá 6.900 doses de vacina Pfizer para crianças

A previsão do Ministério da Saúde é que o imunizante chegue na tarde desta sexta-feira, 14, em Macapá.

Ascom/Gea
Foto: Ascom/PMM

O Ministério da Saúde (MS) informou ao Governo do Amapá que destinará 6.900 doses de vacina Pfizer para crianças de 5 a 11 anos. A previsão é que os imunizantes desembarquem no aeroporto de Macapá na tarde de sexta-feira, 14.

Com a chegada das vacinas, o Governo do Estado prevê a distribuição, para todos os municípios, no próximo sábado, 15. A Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) fará o armazenamento, separação e distribuição para as prefeituras. Todos os critérios de vacinação seguirão o que foi estabelecido em Nota Técnica do Ministério.

“Estamos aguardando a chegada da vacina das crianças para realizar a distribuição de forma imediata para todos os municípios. Já estamos orientando todas as prefeituras dos critérios estabelecidos pelo Ministério de Saúde e a ordem de vacinação seguirá um cronograma de prioridade por faixa etária decrescente e comorbidades”, afirmou o superintendente de SVS, Dorinaldo Malafaia.
 

Recomendações

A vacinação deste público segue os critérios estipulados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), como o treinamento das equipes que trabalharam com a imunização de crianças, esta etapa já concluída pelo MS e Governo do Estado. A vacinação deverá ser feita em ambiente específico.

Há, ainda, a recomendação de que o imunizante contra a Covid-19 nas crianças não seja administrada de forma concomitante a outras vacinas do calendário infantil, por precaução, sendo recomendado um intervalo de 15 dias entre outras vacinas. A Anvisa também não recomenda a modalidade drive-thru.

De acordo com o órgão, devem ser informados aos responsáveis os possíveis eventos adversos, como dor, inchaço, vermelhidão no local da injeção, febre, fadiga, dor de cabeça, calafrios, mialgia, artralgia, ou outras reações após a vacinação.

Os pais ou responsáveis devem ser orientados a procurar o médico se a criança apresentar dores repentinas no peito, falta de ar ou palpitações após a aplicação da vacina.
 

Dose pediátrica

O frasco da vacina será diferenciado, de cor laranja, dose de 0,2ml, contendo 10 mcg da vacina contra a COVID-19, Comirnaty (Pfizer/Wyeth). Será utilizada uma seringa de 1ml. A Anvisa ainda recomenda que as crianças que completarem 12 anos entre a primeira e segunda dose devem continuar com a dose pediátrica da Pfizer.

A ordem de vacinação estabelecida pelo Ministério de Saúde será:

1 - Crianças de 5 a 11 anos com deficiência permanente ou com comorbidades;

2 - Crianças indígenas e quilombolas.

3 - Crianças que vivem em lar com pessoas com alto risco para evolução grave de covid-19,

4 - Crianças sem comorbidades, na seguinte ordem sugerida:

4.1 - crianças entre 10 e 11anos;

4.2 - crianças entre 8 e 9 anos;

4.3 - crianças entre 6 e 7 anos,

4.4 - crianças com 5 anos.


Notícias Relacionadas »
Comentários »