17/01/2022 às 16h16min - Atualizada em 17/01/2022 às 16h16min

Prefeitura de Macapá/AP capacita louceiras do distrito do Maruanum.

Evento ocorreu na Casa das Louceiras nos dias 15 e 16 de janeiro.

Ascom/PMM
Foto: Ascom/PMM

A Prefeitura Municipal de Macapá, através da Secretaria Municipal do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Inovação (Semtradi), promoveu a primeira capacitação de empreendedores no Centro das Louceiras do Maruanum, em parceria com o Instituto Municipal de Promoção de Igualdade Racial (Improir), nos dias 15 e 16 de janeiro. 

As palestras foram realizadas por técnicos das pastas e da Secretaria de Governo da Prefeitura, além da OCB Amapá e SICREDI. Ao todo 38 empreendedoras foram capacitadas e receberam certificação.

“A Prefeitura está honrando com sua promessa de capacitar, com esse assunto tão esperado pela comunidade e que todos possam aproveitar ao máximo os conhecimentos compartilhados e colocá-los em prática”, explicou Cirlene Fernandes, assessora especial da Segov.

No primeiro dia os temas abordados foram: empreendedorismo, ministrado pelo Beneran Santos, coordenador de Trabalho Emprego e Renda da Semtradi; técnicas modernas de vendas e pós-vendas, apresentada por Diôgo Lobato; cooperativismo, por Maria Nascimento, presidente da OCB/AP; marketing digital, apresentado por Lucas Quintela, assessor da Segov; e educação financeira, pelas colaboradoras da Secredi, Ana Paula e Waina Luzenir.

Já no domingo a capacitação foi voltada às novas técnicas de pintura, ministrada pela artesã Ezequiele Lima, que destacou a importância da busca por excelência na produção de louças da comunidade fiquem cada vez melhores.

“Capacitação é importante em todas as áreas, para as louceiras não é diferente. O que é bom pode e deve ficar ainda melhor, através do ensino de técnicas inovadoras que agregam conhecimentos e valores às peças tradicionais e históricas das comunidades do distrito de Maruanum”, afirmou o chefe de gabinete da Semtradi, Diôgo Lobato.

“É a primeira vez que as artesãs do local recebem capacitação e cursos dessa natureza. Só temos a agradecer”, diretora do Centro das Louceiras do Maruanun, Rosiane Dias da Costa.

Já Arlene Silva da Silva, Louceira da comunidade de Torrão, comemorou o momento e disse que é a primeira vez que recebe um certificado. “Muito feliz com tudo que estava acontecendo. Já fiz cursos, mas nunca recebi certificado, agradeço a prefeitura pela iniciativa”, destacou.


Notícias Relacionadas »
Comentários »