18/07/2019 às 20h00min - Atualizada em 18/07/2019 às 20h00min

Nesta sexta (19), Programa Justiça Presente do CNJ promove Webinário no Fórum de Macapá

Rogério Guedes, explica que o evento é destinado aos profissionais que estão envolvidos com a política de alternativas penais do Amapá como magistrados, membros do Ministério Público, Defensoria Pública e técnicos e analistas judiciários.

TJAP
O Webinário será transmitido na Sala de Audiência da 3ª Vara Criminal e de Auditoria Militar do Fórum de Macapá, nesta sexta-feira (19), às 10 horas. (TJAP)

Com a finalidade de promover o intercâmbio de experiências e desenvolvimento das alternativas penais do Brasil, o Programa Justiça Presente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), desenvolvido em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), promoverá seu primeiro Webinário com o tema “Conhecendo a política de alternativas penais: experiências das Centrais da Bahia e Ceará”. Será um momento para tratar das políticas de alternativas penais por meio de experiências exitosas dos respectivos estados.  O Webinário será transmitido na Sala de Audiência da 3ª Vara Criminal e de Auditoria Militar do Fórum de Macapá, nesta sexta-feira (19), às 10 horas.

O coordenador do programa Justiça Presente no Amapá, Rogério Guedes, explica que o evento é destinado aos profissionais que estão envolvidos com a política de alternativas penais do Amapá como magistrados, membros do Ministério Público, Defensoria Pública e técnicos e analistas judiciários.

Ele informa que haverá ainda a disponibilização de um link da Sala Virtual para que os demais interessados pelo tema possam participar pelo endereço digital https://zoom.us/j/541487068 e também pelo aplicativo que pode ser baixado pelo link https://zoom.us/.

O webinário terá como palestrantes Andréa Mércia Batista de Araújo, Coordenadora Geral da Central de Apoio e Acompanhamento às Penas e Medidas Alternativas (CEAP), vinculada à Secretária de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (SEAP/BA), e Elton Alves Gurgel, Coordenador de Central de Alternativas Penais (CAP), vinculada à Secretária de Administração Penitenciária do Ceará  (SEAP/CE)

“Esse é o nosso primeiro webinário do programa Justiça Presente com o objetivo de conhecermos melhor essas experiências promissoras em relação a estes serviços e entender o funcionamento das diversas centrais implantadas no Brasil, como a sua estrutura, metodologia utilizada e seus resultados alcançados. Poderemos também trocar nossos conhecimentos, fazer perguntas e realizar um espaço de debate entre os participantes”.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »