22/07/2019 às 10h00min - Atualizada em 22/07/2019 às 10h00min

Universitário que ganhou a liberdade após promessa vai representar a figura de São Jorge

Quem dará vida ao santo guerreiro, que luta ao lado de São Tiago, será Lucas Queiroz, 24 anos. Participação nas encenações é uma promessa feita pela mãe.

TJAP
Lucas Queiroz já com a roupa amarela da figura de São Jorge, a mesma usada no círio do dia 25 de julho (Gabriel Penha/Secom)

Lucas Queiroz dos Santos será a figura de São Jorge neste ano de 2019. Aos 24 anos, é estudante do curso de Licenciatura em Educação do Campo (agronomia e biologia) do campus da Universidade Federal do Amapá (Unifap) em Mazagão.

A exemplo dos figurantes de São Tiago e Menino Caldeirinha, Lucas também fará parte das encenações após uma promessa. Essa feita pela mãe, Piedade Queiroz, de 66 anos, após um momento muito difícil.

Lucas conta que respondia a um processo e que a acabou sendo preso. Prefere nem relembrar e comentar os motivos, mas exaltar que a fé da mãe em São Tiago e São Jorge fez com que tudo se esclarecesse e ele ganhasse a liberdade.

“Foi ela [mãe], que fez a promessa. Prometeu que seu fosse solto naquele momento, eu faria a figura de São Jorge. Vai ser uma honra cumprir essa promessa, por ela e por mim”, diz Lucas.

São Jorge foi incorporado às homenagens da Festa de São Tiago por também se tratar de um santo cavaleiro e guerreiro. No círio do dia 25, quando ocorre a tradicional batalha entre mouros e cristãos, faz “dupla” com São Tiago, com o figurante vestido com uma indumentária amarela. Junto com o cavaleiro, a imagem do Santo sobre um andor também e transladada pelas ruas de Mazagão Velho.

A Festa de São Tiago

Tradição trazida da África no século 18, a Festa de São Tiago completa 242 anos em 2019 e acontece de 16 a 28 de julho. É realizada desde o ano de 1777 em Mazagão Velho, no município de Mazagão. Mistura rituais religiosos, cavalhada e teatro a céu aberto para contar a aparição de Tiago como um soldado anônimo que lutou bravamente ao lado do povo cristão contra os mouros e garantiu sua vitória.

É organizada e realizada pela comunidade local, através da Associação Cultural da Festa de São Tiago (ACFST), com apoio do Governo do Amapá e prefeitura local. Este ano, o Estado investiu R$ 692.738,40, repassados através de convênio celebrado entre a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e a Fundação Municipal de Cultura e Turismo de Mazagão (MazagãoCult).

Entre os órgãos de Estado envolvidos na realização da festa estão: Gabinete Civil, Polícia Militar, secretarias de Desenvolvimento das Cidades (SDC), Cultura (Secult), Turismo (Setur), Desenvolvimento Rural (SDR) e Trabalho e Empreendedorismo (Sete).


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »