22/07/2019 às 18h00min - Atualizada em 22/07/2019 às 18h00min

Caminhada da Fé reúne promesseiros em Mazagão Velho

Percurso foi de cerca de sete quilômetros, com saída da comunidade do Ajudante. Nem a chuva desanimou os participantes.

Portal Amapá
Caminhada da Fé reuniu promesseiros de São Tiago, em Mazagão Velho. (Gabriel Penha/Secom)

A segunda edição da Caminhada da Fé reuniu promesseiros de São Tiago, no final da tarde de sexta-feira,19. O percurso teve cerca de sete quilômetros, com concentração e saída da comunidade do Ajudante, antes da vila de Mazagão Velho.

Este ano, além de pedir e agradecer a São Tiago por graças alcançadas, o evento teve cunho de protesto. Foi marcado por pedidos de Justiça, pelas mortes dos mazaganenses Aurelian Penha, Pedro Ramos e Valmir Silva, que tiveram as vidas interrompidas neste ano de 2019 e os autores dos crimes continuam impunes.

“É a renovação de nossa fé em São Tiago. Mas, também, é para mostrar que as famílias desses jovens estão clamando por Justiça”, falou Rita de Cássia Silva, organizadora da caminhada.

Entre as participantes, estava Amanda Chrystinne Câmara Madureira, 24 anos, que é narradora da batalha entre mouros e cristãos, na festa. Aprovada no concurso da Polícia Militar, ela lembra que se apegou a São Tiago durante o Teste de Aptidão Física (TAF), especialmente, na execução das barras. Etapa concluída, a jovem aguarda agora a convocação para o Curso de Formação de Soldados (CFSD), que deve acontecer em agosto. “É uma fé inexplicável, que move os mazaganenses. São Tiago é o santo de meu coração”, emociona-se.

Ciclistas, corredores e grupos de jovens também acompanharam a caminhada, que seguiu firme, mesmo debaixo de chuva. O evento encerrou por volta de 19h, na frente da igreja Nossa Senhora da Assunção, em Mazagão Velho. Os promesseiros ainda fizeram um ato religioso após o encerramento da novena.   

A Festa de São Tiago

Tradição trazida da África no século 18, a Festa de São Tiago completa 242 anos em 2019, e acontece de 16 a 28 de julho. É realizada desde o ano de 1777 em Mazagão Velho, no município de Mazagão. Mistura rituais religiosos, cavalhada e teatro a céu aberto para contar a aparição de Tiago como um soldado anônimo que lutou bravamente ao lado do povo cristão contra os mouros e garantiu sua vitória.

É organizada e realizada pela comunidade local, através da Associação Cultural da Festa de São Tiago (ACFST), com apoio do Governo do Amapá e prefeitura local. Este ano, o Estado investiu R$ 692.738,40, repassados através de convênio celebrado entre a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e a Fundação Municipal de Cultura e Turismo de Mazagão (MazagãoCult).


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »