26/07/2019 às 20h00min - Atualizada em 26/07/2019 às 20h00min

Parar de Fumar: Corte gatilhos do fumo

A plataforma Saúde Brasil continua a série de matérias com um passo a passo em dez etapas para ajudar a parar de fumar, cada um deles comentado pela médica pneumologista Cristina Cantarino, Coordenadora do Centro de Tratamento de Tabagismo do Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA).

Saúde Brasil
É necessário prestar atenção nos atos e costumes que "chamam" o cigarro e que podem atrapalhar o objetivo principal. (Saúde Brasil)
A plataforma Saúde Brasil continua a série de matérias com um passo a passo em dez etapas para ajudar a parar de fumar, cada um deles comentado pela médica pneumologista Cristina Cantarino, Coordenadora do Centro de Tratamento de Tabagismo do Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA).

O terceiro tópico da lista fala de um ponto importante: os gatilhos do fumo. É necessário prestar atenção nos atos e costumes que "chamam" o cigarro e que podem atrapalhar o objetivo principal.

Dicas de como parar de fumar
"Os gatilhos são diferentes em cada fumante. Para um é o cafezinho, para outro é o companheiro de trabalho que também fuma e o convida para um intervalo. Às vezes, ele nem está com vontade de fumar, mas só de ver o colega descendo, acaba acompanhando", explica Cristina Cantarino. "São esses hábitos, que chamamos de gatilhos, que devem ser identificados por quem quer parar de fumar. Se está acostumado a dirigir fumando, não tenha cigarro no carro. Se fuma após as refeições, levante imediatamente após terminar e escove logo os dentes, o que ajuda a diminuir a fissura pelo cigarro."

Segundo a pneumologista, um dos gatilhos mais complicados é o álcool. Consumir bebida alcoólica, para o fumante que quer parar, é desafiador e ele nem sabe muito bem o motivo. "O álcool é um complicador porque ele acelera o metabolismo da nicotina, ou seja, a fissura por cigarro volta mais rápido. Além disso, a bebida tira o autocontrole, atrapalha a decisão do fumante de não fumar, que acaba consumindo mais que o de costume."

Além de escovar os dentes logo após as refeições, existem outros "recursos do bem" que podem ajudar. "Chupar gelo e comer cubinhos de frutas geladas ajuda a se livrar da fissura. E vale ressaltar que essa vontade arrebatadora que toma conta do fumante só dura cinco minutos. Ele tem de se dar o direito de perceber que essa fissura é autolimitada", ensina a pneumologista.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »