08/05/2022 às 18h31min - Atualizada em 08/05/2022 às 18h31min

Com gols de Neymar e Marquinhos, campeão PSG só empata com o Troyes

Campeão, o time de Paris chegou aos 80 pontos, liderando com sobra o torneio. Equipe de Paris empatou em 2 x 2

Metrópoles
PSG Foto Xavier Laine
 

Com gols de Neymar e Marquinhos, o PSG teve uma atuação discreta e ficou no 2 x 2 com o Troyes na tarde deste domingo, no Parque dos Príncipes, pela 36ª rodada do Campeonato Francês. Campeão, o time de Paris chegou aos 80 pontos, liderando com sobra o torneio. O Troyes, por outro lado, praticamente assegura sua permanência na divisão, agora, chegou aos 37, ficando longe da zona de rebaixamento.

O jogo começou alucinante, com ambas as equipes buscando o gol. O PSG foi mais eficaz e abriu o placar logo aos cinco minutos. Após a cobrança de escanteio, a bola ficou com Di María pela direita. O argentino colocou a bola nos pés de Marquinhos, que dominou tirando do goleiro Moulin e entrou com a bola e tudo.

O PSG continuou sobrando e ampliou aos 25 minutos. Neymar acionou Mbappé, que foi derrubado dentro da área por Palmer-Brown, pênalti. O brasileiro foi para a cobrança, deslocou Moulin e fez 2 a 0. Mas a resposta do Troyes foi imediata. Nuno Mendes deu a bola de presente para Ubgo. Ele avançou em liberdade e soltou o pé para diminuir.

Antes do primeiro tempo acabar, Neymar chegou a fazer o segundo após pegar a sobra no chute na trave de Lionel Messi. No entanto, o brasileiro estava em posição irregular e o árbitro anulou o lance.

No segundo tempo, o Troyes aproveitou o início sonolento do PSG para empatar. Kimpembe segurou Ripart dentro da área, pênalti. Tardieu arriscou uma cavadinha, enganou Navas e fez o segundo da equipe visitante.

Após sofrer o gol de empate, o PSG resolveu sair novamente para o jogo e Neymar teve mais um gol anulado. Desta vez, o árbitro assinalou falta de Mbappé no início da jogada. Depois, o jogo caiu de produção, dando a impressão de que ambos os times estavam satisfeitos com o resultado.

Com a posse de bola, o PSG voltou a atacar apenas no fim. Messi foi o responsável por criar a última chance do time da casa, mas a bola carimbou o travessão.

 

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »