13/05/2022 às 09h44min - Atualizada em 13/05/2022 às 09h44min

Após Finlândia, Suécia anuncia formalmente que pedirá entrada na Otan

O governo sueco entregou ao Parlamento um relatório com a justificativa das razões pelas quais o país deve fazer parte da Otan

Metrópoles
Suécia Foto Canrail Thinkstock
Após a Finlândia declarar formalmente que o país pedirá a entrada na Organização do Tratado Atlântico Norte (Otan), autoridades da Suécia afirmaram, nesta sexta-feira (13/5), que também devem solicitar adesão ao grupo militar em breve.

O governo entregou ao Parlamento um relatório com a justificativa das razões pelas quais o país deve fazer parte da Otan. De acordo com o documento, o pedido formal deve ser realizado até a próxima semana.

Segundo a ministra das Relações Exteriores da Suécia, Ann Linde, o país deve deixar a neutralidade de lado. “A adesão da Suécia à Otan aumentaria o limite para conflitos militares e, portanto, teria um efeito de prevenção de conflitos no norte da Europa”, disse.

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »