13/05/2022 às 18h53min - Atualizada em 13/05/2022 às 18h53min

Morte de presidente dos Emirados Árabes adia luta de Anderson Silva

O evento de boxe aconteceria neste sábado (14/5) em Dubai. Além do brasileiro, Floyd Mayweather também faria uma apresentação

Metrópoles
Foto Reprodução
Em razão da morte do presidente dos Emirados Árabes Unidos, o sheik Khalifa bin Zayed, que faleceu nesta sexta-feira (13/5), o evento de boxe Global Titans Fighting, previsto para o próximo sábado (14/5), foi adiado. Ex-campeão por anos do UFC e um dos maiores nomes do MMA, Anderson Silva seria uma das atrações, ao lado de Floyd Mayweather.

A causa da morte do mandatário, que tinha 73 anos, é desconhecida, mas foi decretado luto de 40 dias, o que impede que haja a realização de qualquer evento a partir desta sexta-feira, o que inclui as lutas até então programadas para este fim de semana.

O Global Titans Fighting teria quatro lutas de exibição de boxe, que aconteceriam em Dubai. A luta principal seria entre Floyd Mayweather e Don Moore. Já o brasileiro Anderson Silva lutaria contra o compatriota e lutador de MMA Bruno “Caveira” Machado.

Silva postou em rede social a notícia da morte do presidente do país e prestou condolências ao povo dos Emirados Árabes Unidos.

 

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »