28/07/2019 às 20h00min - Atualizada em 28/07/2019 às 20h00min

Oficinas de planificação de saúde seguem em UBS´S da capital

A planificação busca fortalecer as unidades de saúde e a atenção ambulatorial organizando de forma mais eficiente o encaminhamento dos usuários do SUS.

Prefeitura Macapá
Município realizou oficinas nas Unidades Básicas de Saúde Cidade Nova e Congós. (Prefeitura de Macapá)

Dando continuidade à implantação do Projeto de Planificação de Atenção Básica à Saúde, o Município realizou oficinas nas Unidades Básicas de Saúde Cidade Nova e Congós sobre o plano que prevê uma organização nos processos que envolvem a atenção básica e ambulatorial, dando o máximo de resolutividade dentro do ambiente das UBS’s, garantindo assim melhorias nos serviços básicos ofertados à população.

A planificação busca fortalecer as unidades de saúde e a atenção ambulatorial organizando de forma mais eficiente o encaminhamento dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) aos diversos serviços prestados. “A experiência do PlanificaSUS foi testada por vários municípios e tem dado muito certo, com grande integração dos agentes que atuam nessa área. Na hora em que começamos a fazer a integração dos profissionais que atuam em rede, a gente, com certeza, consegue melhorar o serviço na ponta, atingindo nosso principal objetivo, de fazer com que a nossa saúde melhore”, disse a secretária Silvana Vedovelli.

 

A primeira oficina de planificação aconteceu na UBS Brasil Novo, zona norte da cidade, por onde o projeto começou a ser implantado. A expectativa é que até o fim do ano todas as unidades já tenham passado pelo processo. “Esse encontro é uma sequência, um reforçar de uma decisão política, e de soma com a competência de todos os técnicos que estão envolvidos nesse projeto. Organizar a atenção primária é essencial para que tenhamos o resultado que todos esperamos”, finalizou Silvana.

 

PlanificaSus

 

Busca diminuir filas, ter um acolhimento com classificação de risco e responder as demandas dos usuários – o máximo possível – dentro dos postos de saúde. Reúne ações educacionais voltadas a aprimorar conhecimentos, desenvolver habilidades e atitudes necessárias à organização e qualificação dos processos assistenciais, por meio de oficinas teóricas e tutorias.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »