14/05/2022 às 14h31min - Atualizada em 14/05/2022 às 14h31min

Diretor de ‘Dois Filhos de Francisco’, cineasta Breno Silveira morre aos 58 anos

O cineasta formado pela École Louis Lumière, de Paris, teve sua primeira experiência como diretor de fotografia no longa “Carlota Joaquina: Princesa do Brasil”, em 1995.

Com informações do G1
Foto: Reprodução/IMDB

Na manhã deste sábado, 14, o cineasta Breno Silveira, de 58 anos, morreu enquanto realizava filmagens em Limoeiro, cidade no interior de Pernambuco. De acordo com a Conspiração Filmes, produtora da qual o cineasta era sócio, a causa da morte de Breno foi um mal súbito.

O cineasta formado pela École Louis Lumière, de Paris, teve sua primeira experiência como diretor de fotografia no longa “Carlota Joaquina: Princesa do Brasil”, em 1995. Já em 2000, ele foi diretor de fotografia do filme “Eu Tu Eles”, filme que chegou a ser selecionado para participar da mostra Um Certo Olhar, do Festival de Cannes.

 

Marco de carreira

Em 2005, o cineasta teve sua estreia como diretor de cinema no filme “Dois Filhos de Francisco”, produção cinematográfica mais vista daquele ano, com mais de 5 milhões de espectadores. O longa chegou a obter o posto de maior sucesso do cinema nacional desde a chamada retomada do setor, batendo ”Carandiru”, de Hector Babenco. O filme que narrava a história da dupla de sucesso Zezé Di Camargo e Luciano recebeu mais dez indicações ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, inclusive na categoria de melhor filme. Como resultados, a obra levou a melhor em quatro categorias.

Outras produções famosas de Breno Silveira são “Gonzaga: de pai para filho” (2012) e “Era uma vez” (2008).


Notícias Relacionadas »
Comentários »