15/05/2022 às 19h52min - Atualizada em 15/05/2022 às 19h52min

Whindersson assume responsabilidade por ataques de ódio a Luísa Sonza

Nas redes sociais, o humorista repostou a publicação de um internauta que o responsabiliza pelos haters da cantora

Metrópoles
Foto Luisa Sonza
Durante participação no programa Saia Justa, do GNT, Luísa Sonza desabafou sobre as crises de pânico que teve após receber diversos ataques de ódio nas redes sociais, sobretudo depois do divórcio com Whindersson Nunes. O humorista, ao tomar conhecimento das declarações, que viralizaram na internet, assumiu ter certa responsabilidade pelo sofrimento da cantora.

No Twitter, ele compartilhou a mensagem de um usuário que o aponta como culpado pelo hate que Luísa recebe até hoje. “Doa quem doer, Whindersson Nunes foi responsável por isso, não só por não negar, mas sim por na época fazer piada de corno e dar a entender, depois de quase 2 anos só desmentir a situação. Luísa sempre te apoiei lenda”, diz a postagem, retuitada pelo comediante.

Whindersson não foi o único a reagir ao desabafo de Sonza. Nesse sábado (14/5), na mesma rede social, Marina Ruy Barbosa comentou a fala da cantora e revelou que, ao assistir ao testemunho dela, chorou.

“Escutem. Assistam. Fofoca é fofoca. Pânico não é brincadeira. Internet não é tribunal. Vocês não sabem as dores que cada um passa e suas verdades. ACHAM que sabem da vida das pessoas mas NÃO sabem. Sabem trechos, muitas vezes distorcidos e tirados de contexto por clique e audiência”, escreveu a atriz.

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »