18/05/2022 às 11h40min - Atualizada em 18/05/2022 às 11h40min

Samantha volta atrás e pede desculpas a Juliette.

Samantha Schmütz disse que disse que sua fala "foi carregada de ódio"

Com informações do Metrópoles
Foto: Reprodução/Montagem

Samantha Schmütz decidiu se pronunciar pela primeira vez desde que fez um comentário que questionava se Juliette é artista ou não. Com a voz embargada e o rosto inchado, como se houvesse chorado, ela voltou atrás, chamando a cantora de artista e pedindo desculpas a Freire. A atriz disse que sua fala “foi carregada de ódio, mágoa e falta de empatia”. Sobre o período de silêncio desde que a confusão começou, explicou que precisou de um tempo para refletir sobre seus atos. Leia todo o seu pronunciamento a seguir.

“Galera, eu tô passando aqui, gostaria de ter vindo antes, mas eu precisei refletir, digerir, chorar, entender que realmente o meu comentário foi super infeliz. Foi carregado de ódio, de mágoa, de falta de empatia com uma pessoa que só faz o bem pro Brasil, na verdade“, iniciou Samantha.

“Tem pouquíssimo tempo de carreira, de artista sim, porque tá cantando, tá fazendo show, tá lotando, tem seus fãs. E eu fiz esse comentário totalmente desnecessário, descabido, eu tô super triste. Eu aprendi, podem ter certeza, com isso. Eu fiz esse comentário porque em algum lugar me tocou.”

Schmütz ainda comentou sobre a dificuldade de ser um artista independente atualmente, uma das questões que teriam motivado seu comentário. “Tá muita confusão hoje em dia, a nossa indústria, a nossa profissão. Celebridade, famoso, tá tudo misturado, vira ator, vira atriz, vira artista. E eu não sei, eu joguei essa minha frustração na Juliette. É muito difícil ser artista independente se você não tem a máquina te ajudando e te fortalecendo, os artistas são massacrados, eu vejo milhões de amigos meus tendo que desistir porque não tem ajuda do algoritmo, porque não anda”, explicou.


 

Leia a continuação do pronunciamento:

“Então assim, essa revolta toda me explodiu naquele segundo ali. E eu falei assim ‘não, que isso, não é ela, o problema não ela, apaga’. Eu apaguei, ficou 40s, mas foi o suficiente. Então eu acho que eu precisava disso pra aprender e eu tô aqui pra pedir realmente desculpas a Juliette, aos fãs dela, a quem eu magoei. Mas podem ter certeza que a pessoa mais magoada, mais ferida, mais atingida com essa história sou eu.

E num momento que não tem nada a ver eu estar sentindo isso. Porque eu estou em Cannes justamente para estudar, levar mais qualidade ao meu trabalho, pro meu público que vai me assistis, que lota os cinemas também, pra me ver… Não tem porque fazer esse tipo de comentário.

A Juliette usa maravilhosamente bem as redes dela, lutando por causas que são as minhas causas também, uma pessoa que tá pouco tempo na mídia e já fala pra caramba, ajuda pra caramba ao Brasil, então não tem porquê eu fazer esse comentário que magoou a ela e aos seus fãs. Então eu tô aqui realmente pra pedir desculpa, eu tô super triste. Eu espero que você me perdoe, Juliette, e o Brasil também, me dê essa chance de aprender. Obrigada.”

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »