24/05/2022 às 20h29min - Atualizada em 24/05/2022 às 20h29min

“Acabei com a minha vida”, diz madrasta que jogou enteado do 4º andar

Mulher confessou o crime e disse que foi motivada por ameaça do companheiro ao filho dela. Criança tem estado de saúde estável

Metrópoles
Foto Reprodução
Após confessar o crime em depoimento, a madrasta da criança de 6 anos que caiu do quarto andar de um prédio em Maceió declarou, em entrevista à TV Gazeta, afiliada da TV Globo em Alagoas, que jogou o enteado após sofrer ameaças do marido. Adriana Ferreira da Silva, 32, foi presa e autuada em flagrante por tentativa de homicídio.

“Eu acabei com a minha vida, com a vida dos meus filhos. Eu tenho que pagar pelo que fiz. Eu estou muito arrependida do que fiz com o menino, pedindo muito a Deus que ele saia dessa, porque ele não tinha culpa de nada”, afirmou.

Segundo a mulher, o motivo para jogar a criança pela janela foi uma ameaça ao seu filho feita pelo companheiro dela. “Eu disse a ele, se você matar o meu filho, eu mato o seu também. Foi na hora que eu peguei o filho dele e joguei”, confessou a madrasta.


Em uma audiência de custódia realizada nesta terça (24/5), a Justiça decidiu que a mulher vai permanecer presa enquanto durar o processo. Adriana disse também que, durante a briga, estavam no apartamento apenas o companheiro, os dois filhos dela, de 12 e de 14 anos, e o filho dele, de 6 anos.


“Ele ficou ameaçando o meu filho, dizendo ‘vou matar seu filho’, com meu filho de 14 anos. A gente dentro de casa discutindo, ele deu um murro que quebrou os meus óculos, pegou na minha boca. Meu filho foi para cima dele dizendo ‘não tio, não tio, não faça isso não'”, disse a mulher.

Ela conta que, no momento da briga, um vizinho interveio e segurou o marido.

Estado de estabilidade

O Hospital Geral do Estado (HGE) confirmou que a criança continua internada, em observação, e o estado de saúde dela é estável. A criança deu entrada no hospital na madrugada dessa segunda (23/5), com ferimentos no rosto e escoriações pelo corpo.

A assessoria de comunicação do hospital informou que só há previsão da realização de um exame de ultrassom.

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »