29/07/2019 às 22h00min - Atualizada em 29/07/2019 às 22h00min

Capoeira, teatro, música e atividades circenses marcam última `Estação Criança` do Macapá Verão 2019

Joca Monteiro, contador de história, disse que é importante consolidar ações culturais como essa e considera muito boa a iniciativa.

Prefeitura Macapá
A variedade de atrações atraiu o público, que acompanhou de perto rodas de capoeira, apresentações teatrais, música e atividades circenses. (Prefeitura de Macapá)

Quem esteve passeando, aproveitando o fim da linda tarde na Praça Floriano Peixoto, pôde acompanhar as atrações da Estação Criança, que fez parte da programação do Macapá Verão 2019. A variedade de atrações atraiu o público, que acompanhou de perto rodas de capoeira, apresentações teatrais, música e atividades circenses. Esta última arrancou risos estrondosos da criançada com os palhaços.

Com olhares atentos, as crianças eram as mais interessadas em cada apresentação, o que também atraia os pais dos pequenos. A curiosidade aguçada pelos artistas deixava o público paralisado. Em outros momentos, quem assistia acompanhava os artistas com palmas, o que deixava os shows mais atraentes. 

 

A professora Ilciane Soares levou a filha, de apenas 4 aninhos, e aprovou a iniciativa. “Além de ser uma chance de lazer na tarde de domingo, consegui aliar a isso o incentivo à cultura para a minha filha. Às vezes, é tão difícil encontrar programações assim e aqui os organizadores estão de parabéns”, disse.

 

Grupos de capoeira, Joca Monteiro, Se Deixar Ela Canta, entre outros, estiveram entre as atrações. Após o entardecer, as apresentações continuaram noite adentro. Quem fez questão de assistir foi a dona de casa Leonilda Sales, 69 anos. Ela acompanhou a neta e gostou de todas as atrações. “Foi tudo muito bonito e acho que o nível dos artistas também foi muito bom. Eu vi palhaços, que, por sinal, fazia tempo que não ria tanto. Eu vi contação de história, música e teatro, ou seja, tudo”, afirmou.

 

Joca Monteiro, contador de história, disse que é importante consolidar ações culturais como essa e considera muito boa a iniciativa. Além disso, ele propõe que outras programações parecidas sejam levadas aos bairros da capital. “Com isso, a gente consegue descobrir novos talentos da periferia e leva também cultura para essa criançada que, muitas vezes, é desassistida. Foi muito boa a ideia e vimos a criançada se divertindo, e os adultos também”, completou.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »