22/06/2022 às 14h12min - Atualizada em 22/06/2022 às 14h12min

Tenente da reserva é baleado na cabeça durante cumprimento de mandado em operação da PF em Macapá.

Amauri Lima, militar da reserva não é alvo da operação e foi internado em estado grave.

Da Redação
Foto: Márcio Pinheiro
Nesta quarta-feira (22), um tenente da reserva da Polícia Militar do Amapá  (PM) foi baleado na cabeça durante o cumprimento de um mandado de prisão da Polícia Federal (PF), durante a operação Desativado.

A ação da PF realizou 30 diligências em Macapá contra o tráfico de drogas e organização criminosa.

O tiroteio começou após uma diligência na casa do tenente onde o seu enteado que é um dos investigados da operação foi preso.

O PM identificado como Lima, não é alvo da operação.

“Ele não era investigado, para deixar claro. A dinâmica dos fatos será apurada em procedimento cuja instalação foi comunicada ao Ministério Público Federal [MPF]. Tínhamos as informações que o endereço era vinculado a um investigado”, relatou o delegado Davi Sobral, da PF.

O militar foi levado em estado grave para o Hospital de Emergência (HE).

Segundo o Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes), durante o transporte de Amauri Lima para o HE, a ambulância do Corpo de Bombeiros foi atingida por um veículo no trânsito, sendo necessário o apoio do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) para fazer o transporte.

Notícias Relacionadas »
Comentários »