26/06/2022 às 17h55min - Atualizada em 26/06/2022 às 17h55min

Leo Dias pede perdão à Klara Castanho após revelação de estupro e gravidez: 'Eu errei'

O jornalista disse ter se comprometido com a atriz a não publicar nenhuma matéria divulgando o caso quando soube da notícia

Com informações do R7
Foto: Reprodução/Instagram

Após ver a repercussão em torno do caso de Klara Castanho, Leo Dias pediu desculpas à atriz, neste domingo (26), por ter escrito duas matérias, no último sábado (25), detalhando o abuso sexual e o parto sofrido pela artista, que decidiu entregar o bebê para adoção.

No relato, Leo Dias diz que tomou conhecimento da notícia por intermédio de uma profissional de um hospital privado. "A moça, sob a condição de anonimato, me disse que, pela primeira vez, o nascimento de uma criança não poderia ser registrado na maternidade. Nenhum dado sobre o nascimento poderia ser incluído no sistema", começou ele.

"Fiquei surpreso ao saber que a mulher que deu à luz aquela criança era Klara Castanho. Até aquele momento, eu não tinha noção do contexto de violência envolvendo a gestação. Meu contato com Klara não era próximo, mas, há alguns meses, a mãe dela me mandou uma mensagem carinhosa pelo Instagram e achei que eu deveria, por intermédio deste contato, mandar uma mensagem para ela no sentido de entender o que estava ocorrendo. Àquela altura, eu não tinha noção de todos os fatos. Não sabia que ela havia sido vítima de um estupro. Klara me respondeu poucas horas depois. Chegamos a conversar por telefone."

O colunista disse que optou por não divulgar a informação por saber que a história é "pertubadora". "Eu permaneci sem escrever sobre a história. Mas, desde maio, fui surpreendido com vídeos e posts em que influenciadores relataram o caso ou parte dele. Evitei, assim como havia me comprometido, a revelar a identidade da atriz, mesmo tendo sido provocado a falar sobre o caso", escreveu.

Leo Dias explicou que as publicações que fez aconteceram depois da revelação de Klara nas próprias redes sociais dela. "A postagem que fiz relatando o nascimento da criança e a adoção foi posterior à carta que Klara escreveu sobre tudo o que passara. Ela foi covardemente exposta. Tenho consciência disso."


Notícias Relacionadas »
Comentários »