06/07/2022 às 15h04min - Atualizada em 06/07/2022 às 15h04min

Jovens participam de oficina para confecção de pipas que serão vendidas durante o Macapá Verão

Iniciativa fomenta o empreendedorismo no Macapá Verão.

Ascom/PMM
Foto: Rogério Lameira/PMM

Pipa é uma brincadeira que as crianças adoram e os empreendedores que vendem o produto garantem um dinheiro a mais para sua renda. Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) realiza a oficina de pipas para os jovens usuários do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Esperança.

Serão duas turmas de capacitação, a primeira aconteceu nesta quarta-feira (6). A proposta é que os jovens aprendem a confeccionar pipas para que possam vender e garantir uma renda, além disso, promove conscientização educativa sobre sustentabilidade.

“O projeto incentiva e aperfeiçoa essa juventude, que é cheia de criatividade, desenvolver seu potencial. De uma simples brincadeira entre amigos surgem ideias promissoras como a produção e vendas das pipas no Macapá Verão”, comenta o secretário de Assistência Social, Gracinildo Nunes.

No fim do curso, eles receberão uma certificação e as pipas produzidas serão vendidas pelos próprios jovens na barraca da Semas no Macapá Verão, no balneário da Fazendinha.

Alan Patrick, de 17 anos, aproveitou para aperfeiçoar a prática e, ainda, explicou a diferença entre pipa e rabiola. “A pipa particularmente é de duas talas e mais leve, já a rabiola é de três talas e a mais pesada”, detalhou.

O curso é em parceria com a Associação de Pipeiros do Amapá. “A importância da oficina de pipa é oportunizar pessoas que não trabalham. Eles se capacitando, conseguem ter uma renda nessas férias”, finaliza o presidente, Anderson Cardoso, que também ministra a oficina.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »