25/07/2022 às 14h27min - Atualizada em 25/07/2022 às 14h27min

Médico é internado em estado grave após ser espancado a pauladas em balneário de Macapá.

Jailson de Amorim Mariano foi internado na UTI do Hcal, mesmo hospital onde trabalha.

Da Redação
Foto: Arquivo Pessoal
O médico Jailson de Amorim Mariano, de 31 anos foi internado em estado grave na rede pública do Amapá após ser espancado a pauladas neste domingo (24). O crime aconteceu no balneário do distrito de Lontra da Pedreira, na Zona Rural de Macapá.

Segundo os familiares da vítima, o médico estava com a família indo embora quando tudo aconteceu.

"Nós estavamos voltando do nosso terreno, que fica do outro lado do rio Pedreira. Ao encostar no porto pra desembarcar nossas coisas, uma mulher começou a xingar e a gritar com a gente, porque, segundo ela, a gente tinha encostado na rabeta do barco dela, mas isso não aconteceu", relatou Henrique Reis cunhado do médico.

Foi então que segundo a testemunha teria se iniciado a confusão generalizada, resultando nas agressões a pauladas no médico. Além dele, outros familiares também foram feridos.

O médico foi socorrido inconsciente pelos próprios familiares até o Hospital de Emergências (HE) de Macapá, onde foi diagnosticado traumatismo.

Na madrugada desta segunda-feira (25), Jailson foi transferido em estado grave para a UTI do Hospital de Clínicas Dr. Alberto Lima (Hcal).

Ainda segundo os familiares a vítima não conhecia os agressores e um boletim de ocorrência por tentativa de homicídio foi registrado.

O caso é acompanhado pela Polícia Civil. O médico atua em diversas unidades de saúde de Macapá.

Notícias Relacionadas »
Comentários »