30/07/2022 às 18h28min - Atualizada em 30/07/2022 às 18h28min

Morre médico espancado a pauladas em balneário de Macapá.

Jailson foi espancado a pauladas no último domingo (24), numa confusão em um balneário na Zona Rural de Macapá.

Da Redação
Foto: Arquivo Pessoal
Faleceu neste sábado (30) o médico Jailson de Amorim Mariano, de 31 anos, que estava  internado em estado grave na UTI do Hospital de Clínicas Dr. Alberto Lima (Hcal) em Macapá.

Jailson foi espancado a pauladas no último domingo (24), numa confusão em um balneário na Zona Rural de Macapá.

O médico permaneceu internada durante uma semana mas não resistiu aos ferimentos vindo a óbito por volta de 12h40 deste sábado.



Relembre o caso

Segundo os familiares da vítima, o médico estava com a família retornando de um passeio.

"Nós estavamos voltando do nosso terreno, que fica do outro lado do rio Pedreira. Ao encostar no porto pra desembarcar nossas coisas, uma mulher começou a xingar e a gritar com a gente, porque, segundo ela, a gente tinha encostado na rabeta do barco dela, mas isso não aconteceu", relatou Henrique Reis cunhado do médico.

Foi então que segundo a testemunha teria se iniciado a confusão generalizada, resultando nas agressões a pauladas no médico. Além dele, outros familiares também foram feridos.

O médico foi socorrido inconsciente pelos próprios familiares até o Hospital de Emergências (HE) de Macapá, onde foi diagnosticado traumatismo.


 
Notícias Relacionadas »
Comentários »