04/08/2022 às 13h10min - Atualizada em 04/08/2022 às 13h10min

Sequestrador de cachorros de Lady Gaga pega 4 anos de prisão nos EUA

Em fevereiro de 2021 os buldogues da popstar foram roubados e devolvidos logo depois; homem que passeava com animais levou tiro

Com informações do Metrópoles
Foto: Reprodução

White, James Howard Jackson, 19, e Lafayette Shon Whaley, de 28, foram denunciados em abril do ano passado pelo sequestro dos animais de estimação da cantora, incidente no qual Ryan Fischer, que passeava com os animais da cantora, acabou ferido à bala.

Segundo a procuradora-adjunta do distrito de Los Angeles, Michele Hanisee, ele foi sentenciado a “quatro anos de prisão em uma penitenciária estadual”.

No dia do sequestro, Ryan caminhava com Koji, Gustav e Miss Asia, os animais de Gaga, perto da Sunset Boulevard em Los Angeles, quando foi interceptado por dois homens. Eles saíram de um carro e abordaram o funcionário da artista, que levou um tiro. Os homens fugiram com Koji e Gustav. Miss Asia conseguiu escapar e retornou depois ao local do crime, encontrando Fischer gravemente ferido.

De acordo com a polícia, a hipótese é de que os suspeitos não atacaram Ryan para roubar os cachorros por causa de sua dona famosa, mas porque são de uma raça cobiçada que pode ser vendida por milhares de dólares.

Na ocasião, Lady Gaga chegou a oferecer uma recompensa de US$ 500 mil (ou aproximadamente R$ 2,5 milhões) e, por fim, recuperou os dois animais, que foram entregues à polícia por uma mulher dois dias depois do roubo.


 


Notícias Relacionadas »
Comentários »