30/04/2019 às 06h00min - Atualizada em 30/04/2019 às 06h00min

Polícia Civil promove seminário sobre povos indígenas nesta terça (30)

A programação será realizada no auditório da Delegacia-Geral, em Belém.

Agência Pará
Seminário visa promover a qualificação e aperfeiçoamento de policiais civis do Pará. (Reprodução/Facebook)
A Polícia Civil do Pará, por meio da Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis, vai promover, hoje (30), o seminário denominado “Povos Indígenas em Movimentos Migratórios no Pará. Um Enfoque na Segurança Pública”. A programação será realizada no auditório da Delegacia-Geral, em Belém. O público-alvo são os policiais civis.

Coordenado pela delegada Priscila Morgado Sanches Pinho, diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis, o seminário vai contar com as parcerias da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) e Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

Segundo a delegada, o seminário visa promover a qualificação e aperfeiçoamento de policiais civis do Pará, para prestar um atendimento diferenciado aos povos indígenas em movimento migratório no Estado. A delegada ressalta que os povos indígenas estão em situação de vulnerabilidade, uma vez que há uma redução nas suas capacidades de resistir e enfrentar violências, explorações, abusos e violação de seus direitos.

"Devido à sua cultura diferenciada, na situação peculiar em que vivem, eles (os povos indígenas) são obrigados a migrar de sua região de origem e viver no contexto urbano", ressalta.

A delegada explica que a falta de conhecimento dos policiais, de um modo geral, sobre a cultura dos povos indígenas, além das barreiras linguísticas e cultural, prejudicam a atuação. "É importante que todos os policiais de todas as unidades do Estado estejam aptos a atuarem corretamente nas investigações de crimes cometidos por indivíduos destes povos ou sofridos por eles, para que assim possam identificar autores ou vítimas", ressalta a policial civil.

Palestras

Palestrante: Delegada da Polícia Civil do Pará, Ariane Magno Gomes. Tema: “A Responsabilização Penal dos Povos Indígenas no Brasil” 

Palestrante: Renato Luiz Silva de Menezes, coordenador de Enfrentamento do Tráfico de Pessoas e ao Trabalho Escravo (Sejudh). Tema: "Fluxo de Atendimento aos Migrantes Indígenas no Estado do Pará". 

Palestrante: Psicóloga Roberta Flores (Sejudh). Tema: “Humanização do Atendimento Policial aos Indígenas e Migrantes da Etnia Warao”

Palestrante: José Lopez (Intérprete e Referência dos Warao-SAS). Tema: “Refugiados Indígenas Warao no Contexto Urbano do Pará”
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »