12/02/2020 às 20h00min - Atualizada em 12/02/2020 às 20h00min

Organizada pelo Amapá, Feira Ecosol percorre supermercados com a venda de produtos manuais

Por: João Clésio
Ascom - GEA
Foto:Ascom/sete

A Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) vai promover, nos dias 13 a 14 de fevereiro, a segunda edição da Feira Relâmpago Ecosol. O objetivo é expor e comercializar produtos confeccionados com material reutilizável como lonas de banners, tecidos, papelão, EVA, entre outros.
A feira será montada no hall do supercenter Santa Lúcia, no bairro do Trem, zona sul de Macapá, e funcionará de 8h às 20h.


No local serão comercializados sacolas ecológicas para o transporte de alimentos e outros objetos, laços, crochê, tapetes, sacolas de lixo para carro, tiaras, ponteiras de lápis, EVA, bolsas, decoupagem de garrafas e outras peças de artesanato manual.

 



Para esta segunda edição da Feira Relâmpago Ecosol, participam 8 artesãos de Grupos Econômicos Solidários de Macapá. A primeira feira de 2020 ocorreu no Atacarejo, na Avenida Stephan Houat, no bairro Jardim Marco Zero, na zona sul da capital.


“Temos um extenso calendário este ano de Feiras Relâmpago Ecosol. Vamos percorrer supermercados, praças, eventos de governo e outros ambientes. A ideia é dar visibilidade às peças desenvolvidas pelos artesãos que trabalham com manualidades e permitir que possam vender seus produtos”, atestou Marcella Chesca, secretária do Trabalho e Empreendedorismo.

 



Para se cadastrar como grupo econômico solidário basta procurar o Núcleo de Associativista e Economia Solidária da Sete, no horário de expediente, na Avenida 1º de Maio, esquina com a Rua Leopoldo Machado, no bairro do Trem.

 
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »