12/02/2020 às 19h20min - Atualizada em 12/02/2020 às 19h20min

Mercado Central: Água de esgoto invade o espaço, afasta cliente e revolta empreendedores

”A água não é da chuva, ou melhor, a chuva não está causando alagamentos, essa água é do esgoto”

Araciara Macedo
Da Redação
Foto: Empreendedor/Denuncia/Arquivo pessoal
No primeiro alagamento do recém reformado e inaugurado Mercado Central de Macapá, a desculpa foram as chuvas. Hoje, um empreendedor, que prefere não se identificar por medo de represálias, procurou a reportagem do Jornal A Gazeta para denunciar e mostrar que os alagamentos tem outra causa bem diferente.

“A água não é da chuva, ou melhor, a chuva não está causando alagamentos, essa água é do esgoto, está vindo pelo ralo da parte de baixo do mercado, o que está acontecendo é que o trabalho foi mal feito, a bitola utilizada para os canos é fina e o resultado é que qualquer coisa entope, já reclamamos e não resolvem nada, culpam os empreendedores”, contou.




Esse é o terceiro alagamento dentro do mercado e o resultado é que os empreendedores perdem a clientela, “as pessoas estão se afastando, quem quer se alimentar, ou comprar alguma coisa em um local onde o mal cheiro é intenso e incomoda muito? É necessário que se tome uma atitude para resolver o problema e não tentar culpar os empreendedores ou usar o período chuvoso como desculpa”, ressaltou.

O empreendedor se diz revoltado, “eu não sou o único que está revoltado com a situação, todos nós estamos, mas a imprensa não apoia, poucos mostram os erros cometidos na obra, todos lembram da polêmica com os banheiros na inauguração, viramos notícia nacional, a desculpa utilizada na época foi que teria uma 2ª etapa da obra pra resolver o problema, e os alagamentos? Vai ter mais uma etapa da obra e mais uma inauguração? Deixo aqui a pergunta para o prefeito Clécio”, finalizou o empreendedor.

Notícias Relacionadas »
Comentários »