23/02/2020 às 09h00min - Atualizada em 23/02/2020 às 09h00min

Turismo e economia local são destaques no desfile das escolas de samba

Programação movimenta o comércio formal e informal, além de atrair o público para a valorização da cultura do povo amapaense.

Ascom - GEA
Chuva não desanimou os brincantes que prestigiaram a cultura amapaense. Foto: José Baia/Secom

O fortalecimento do turismo e o aquecimento da economia local abrilhantaram a retomada dos desfiles das escolas de samba na capital amapaense. A programação de carnaval iniciou na noite de sexta-feira, 21, e segue até sábado, 22.

Segundo o vice-governador do Amapá, Jaime Nunes, essa atividade cultural é fruto de uma união entre os Poderes Executivos estadual e municipal e também o Senado. Ele ressalta o retorno positivo para toda a sociedade.

“Esse planejamento conjunto entre Governo do Estado, Prefeitura de Macapá e a Bancada Federal fortalece o turismo e movimenta o comércio formal e informal, gerando mais renda para os empreendedores”, disse.

No primeiro de dia de programação, Nunes destaca o reforço na segurança, com as presenças das polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e Instituto de Defesa do Consumidor (Procon).

“Estamos com mais de 1,2 mil policiais e 500 bombeiros atuando, abastecemos o banco de sangue com campanhas e integramos a saúde estadual com a municipal para atender qualquer emergência”, continuou.

Nem a chuva fez com que o público deixasse as arquibancadas, que estavam cheias. O arquiteto Sívori Camilo, 26 anos, mobilizou os amigos, que juntos saíram de Santana para prestigiar o desfile das escolas de samba, que não acontecia há 5 anos.

“Essa nova estrutura está bem legal e mesmo com a chuva o público tá curtindo bastante”, comentou.


Notícias Relacionadas »
Comentários »