09/05/2019 às 06h00min - Atualizada em 09/05/2019 às 06h00min

Governo do Amapá busca retomada de investimentos com recursos do BNDES

Em Brasília, governador Waldez Góes tratou da retomada do PDRI, uma das principais linhas de financiamentos já contratadas pelo Estado junto ao BNDES

Portal Amapá
Waldez Góes foi recebido pelo presidente do BNDES, Joaquim Levy, para tratar sobre o acesso aos recursos do banco. (Patryck Almeida)

O governador Waldez Góes reuniu com o presidente do Banco Nacional Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, para tratar sobre a retomada de aportes do Programa Amapá/BNDES: Desenvolvimento Humano, Regional e Integrado (PDRI). A agenda aconteceu em Brasília e foi articulada pelo presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre.

O PDRI é uma das principais linhas de financiamento já contratadas pelo Estado especificamente para investimentos estruturantes. Nos últimos anos, o programa permitiu que o Governo do Amapá investisse em grandes obras como a inauguradas em 2016 e 2018, respectivamente. Contudo, os aportes foram suspensos em dezembro de 2017, desde então, o Amapá vem utilizando recursos próprios e de emendas parlamentares para obras de infraestrutura.

Góes explicou que a retomada do PDRI é importante porque o contrato ainda permite investimentos de mais de R$ 300 milhões. "A ideia é que possamos retomar o financiamento e, a partir daí, criar um novo pacote de investimentos. Assim, teremos condições de tocar obras e gerar emprego e renda. Com a liberação dos recursos, nós também poderemos avaliar financiamentos oferecidos por outras instituições, como a Caixa Econômica Federal”, ponderou o governador.

O secretário de Estado de Planejamento (Seplan), Eduardo Tavares, acrescentou que o novo pacote de investimentos poderá ser incluído no 
.

Haverá novos encontros entre o Governo do Amapá e o BNDES para fortalecer a retomada do financiamento. O Estado possui, ainda, outros dois contratos com a instituição financeira voltados para ao saneamento e à energia, estes estão em pleno andamento.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »