10/05/2019 às 10h00min - Atualizada em 10/05/2019 às 10h00min

Tribunal de Justiça do Amapá dá posse a 17 novos servidores

A posse também foi prestigiada pelo juiz titular da Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas, Rogério Bueno Funfas

Portal Amapá
Dos 17 empossados, seis foram aprovados no cargo de oficial de Justiça. (TJAP)

Foram empossados 17 novos servidores efetivos do Tribunal de Justiça do Amapá, aprovados em concurso público do Judiciário. Empossados pelo desembargador-presidente João Guilherme Lages, os novos serventuários preencherão vagas de técnicos e analistas judiciários nas Comarcas de Macapá, Laranjal do Jari, Oiapoque, Pedra Branca e Tartarugalzinho. A posse também foi prestigiada pelo juiz titular da Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas, Rogério Bueno Funfas; pela presidente do Sindicato dos Serventuários da Justiça do Amapá (SINJAP), Anne Marques; pelo presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Amapá (SINDOJUS), Geraldo Majela; além de diretores de departamentos da Justiça e familiares dos novos servidores.  

De acordo com o presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargador João Guilherme Lages, a chegada dos novos servidores atende à necessidade do Poder Judiciário, indo, inclusive, além dos 84 aprovados nas vagas do edital. “É com muita alegria que recebemos nossos novos colegas, nós nos planejamos para atender a necessidade da Justiça e a expectativa dos aprovados neste concurso. Seguiremos com o cronograma e junto com ajustes orçamentários será possível empossar além das vagas previstas no edital, mais 22 servidores”, complementou.

 

Dando boas vindas aos novos servidores, a presidente do SINJAP parabenizou os empossados pela conquista profissional. “Certamente empenharam grande esforço e estão sendo recompensados por toda a dedicação, que todos possam contribuir muito para a excelência da nossa Justiça”, ponderou Anne Marques.

 

Dos 17 empossados, seis foram aprovados no cargo de oficial de Justiça. O presidente do SINDOJUS destacou que os novos oficiais serão distribuídos em pólos, o que suprirá a necessidade do Poder Judiciário estadual. “Desta forma, concluímos a equalização da força de trabalho proposta pela Resolução 219 do Conselho Nacional de Justiça, com a presença de oficiais de Justiça em todas as Comarcas”, afirmou Geraldo Majela.

 

Um dos oficiais de Justiça empossados foi o servidor Rômulo Medeiros. Desde 2010, Rômulo trabalhava como técnico judiciário na Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas (VEPMA). “Em 2010 cheguei ao Judiciário amapaense e desde então venho trabalhando na VEPMA, que tem como titular o juiz Rogério Funfas. Lá desempenhei diversas atividades e funções, dentre as quais assistente judiciário, assessor jurídico e, por último, chefe de secretaria”, contou Rômulo. “O trabalho na unidade foi um grande aprendizado, onde pude conhecer toda a estrutura do TJAP”, complementou o servidor.

 

Juliany Castro, empossada no cargo de analista judiciária – psicóloga, ressaltou o desejo de contribuir a concretização do sonho e a vontade de contribuir para o fortalecimento do Judiciário local.  “Muito contente por esta conquista profissional, antes ansiosa pela posse, já estou ansiosa para começar a exercer a função e somar com os profissionais do TJAP”, concluiu.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »