14/05/2019 às 10h00min - Atualizada em 14/05/2019 às 10h00min

Curso Introdutório de Justiça Restaurativa para servidores da rede socioeducativa de Macapá forma terceira turma

Formando a terceira turma com 20 participantes, esse foi segundo módulo no qual foram realizados exercícios práticos de comunicação não-violenta e facilitação de círculos restaurativos de diálogos e conflitivos.

TJAP
A assistente social e facilitadora da Justiça Restaurativa, Neide Santos, explica sobre a importância do curso para os servidores e adolescentes. (TJAP)

Melhorar o diálogo e o relacionamento dos servidores da rede socioeducativa de Macapá com crianças e adolescentes internados nos centros é a proposta do Curso Introdutório de Justiça Restaurativa do Projeto Diálogos, de iniciativa do Juizado da Infância e Juventude - Área de Políticas Públicas e Execução de Medidas Socioeducativas, que aconteceu de 06 a 10 de maio, na Escola Judicial do Amapá (EJAP). Formando a terceira turma com 20 participantes, esse foi segundo módulo no qual foram realizados exercícios práticos de comunicação não-violenta e facilitação de círculos restaurativos de diálogos e conflitivos.

 Ângela Martins, servidora do Juizado, fala da emoção em formar a terceira turma do curso. “Como facilitadora, me deixa muito feliz e gratificada em ouvir dos participantes que aqueles conteúdos modificaram a sua vida, que vieram em um momento oportuno para sua vida pessoal, que trouxeram transformações, e sobre tudo, que ajudaram a construir melhor os relacionamentos”.

 

A assistente social e facilitadora da Justiça Restaurativa, Neide Santos, explica sobre a importância do curso para os servidores e adolescentes. “O curso é introdutório em práticas restaurativas e este método inclui em acolher as divergências que as pessoas encontram entre os jovens dentro dos centros e ver essas divergências como parte integrante de um processo, significa poder estar junto para ouvir as necessidades deles, o que eles pensam, o que precisam para mudar os atos e seguir em frente”, finaliza,

O curso com a quarta e última turma será realizado em agosto. Em setembro, será feita as avaliações das turmas e de todo o projeto.


Notícias Relacionadas »
Comentários »