15/05/2019 às 06h00min - Atualizada em 15/05/2019 às 06h00min

Inicia nesta quinta (16) a realização de Audiências Concentradas da Vara da Infância e Juventude de Santana

O objetivo é realizar aproximadamente 40 audiências para reavaliar casos de crianças e adolescentes que estão fora do ambiente familiar

TJAP
Avaliação observa principalmente as condições das famílias em acolher as crianças e adolescentes. (TJAP)

Nesta quinta-feira (16), a Vara da Infância e Juventude da Comarca de Santana dará início às Audiências Concentradas do 2º Trimestre de 2019, que ocorrerão nesse mês de maio, em três locais; Escola Agrícola Padre João Piamarta, dia 16; Casa da Hospitalidade, dias 20 e 21; e Casa Marcelo Cândia, dias 22 e 23, todas a partir das 9 horas. O objetivo é realizar aproximadamente 40 audiências para reavaliar casos de crianças e adolescentes que estão fora do ambiente familiar, mas que podem voltar para a família biológica ou serem encaminhadas para a adoção.

Segundo a juíza titular da unidade, Larissa Noronha, a avaliação observa principalmente as condições das famílias em acolher as crianças e adolescentes. “Os familiares também são assistidos pelos serviços assistenciais do município, pois a avaliação também passa pelas condições da família. Nas audiências, recebemos a criança, a equipe técnica e os pais e familiares para tomarmos a decisão sobre o destino dessas crianças e adolescentes. Em caso de nós avaliarmos que a família já se reestruturou, devolvemos o menor a este convívio”, explicou a juíza. Nessa edição é esperado atender 50 crianças e adolescentes.

Ainda em 2019, as audiências concentradas serão realizadas nos meses de agosto e novembro, atendendo o provimento nº32 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que determina a realização das audiências em cada semestre do ano.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »