18/07/2020 às 22h48min - Atualizada em 18/07/2020 às 22h48min

Navio será partido ao meio com cerca de 4 mil carros 0KM dentro dele.

Foto: NOAA
O navio coreano MV Golden Ray, que tombou na saída do porto de Brunswick, no estado da Geórgia (Estados Unidos), há quase um ano atrás, começará a ser removido, juntamente com a sua carga de 4.200 automóveis zero quilômetro. 

Veículos das marcas Hyundai e Kia continuam dentro do navio, e provavelmente serão destruídos, mesmo aqueles que não foram danificados no acidente nem inundados pelo mar, na operação. Isso porque, para poder ser removido, o navio terá que ser fatiado em pedaços.

A embarcação tem quase 200 metros de comprimento e altura de um prédio de sete andares. O que se sabe é que ainda há centenas de carros em perfeito estado dentro do navio avariado. Mas não existe possibilidade de removê-los.

O navio será fatiado como se fosse um pão, em oito pedaços. Mas, de acordo com a empresa dona do navio e da carga, não há como impedir que os automóveis sejam afetados e também cortados ao meio, pelo vai e vem das correntes.

Após ser cortado, as oito partes da embarcação serão transportadas em barcaças até um estaleiro, onde o navio será remontado e recuperado.

De acordo com a seguradora responsável pelo caso, só os automóveis valem cerca de 80 milhões de dólares.

Notícias Relacionadas »
Comentários »