22/07/2020 às 17h10min - Atualizada em 22/07/2020 às 17h10min

Receita Federal faz operação no Porto de Santana e apreende eletroeletrônicos e carro sem nota fiscal.

Da Redação
Foto: Reprodução
A Receita federal fez uma operação no Porto de Santana nesta quarta-feira (22), para reprimir crimes de contrabando e descaminho. Foram apreendidos produtos eletroeletrônicos e  um carro,  que seriam levados à Belém- PA,  sem suas respectivas notas fiscais. 

Devido a Área de Livre Comércio de Macapá e Santana (ALCMS), é comum a compra de mercadorias nessa região para serem transportados e vendidas em outros estados por um preço maior, sem autorização da Receita Federal. 

Segundo o auditor fiscal Daniel Silva, “Muitas pessoas compram produtos na ALCMS, deixam de pedir a nota fiscal e acabam levando para outro estado para o material ser vendido e obter uma margem de lucro muito grande. O que é irregular porque deve se pagar os impostos devidos à Receita Federal". 

A ação contou com o  apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que fez inspeção nas embarcações em busca de foragidos, com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) que usou cães farejadores na busca por drogas e armas, mas nada foi encontrado. A Vigilância Sanitária acompanhou a ação para realizar o combate à Covid-19. 

Foram apreendidos três cofres  que o proprietário não conseguiu abri-los. Ele foi notificado a comparecer na Receita Federal e identificar o conteúdo existente dentro dos cofres.

Notícias Relacionadas »
Comentários »