22/07/2020 às 19h54min - Atualizada em 22/07/2020 às 19h54min

A garota afegã que fuzilou os talibãs que mataram seus pais.

Da Redação
Imagem: Reprodução/Twitter
Uma adolescente está sendo ovacionada nas redes sociais pela sua coragem em enfrentar na semana passada os extremistas do Talibã que assassinaram seus pais.

A garota usou um fuzil AK-47 da família para matar a tiros, dois talibãs e feriu vários outros, segundo as autoridades locais da Província de Ghor. 

De acordo com informações preliminares, os talibãs invadiram a casa da família da jovem, porque o pai dela seria um apoiador do governo. 

Outros militantes chegaram depois e atacaram a casa, na vila de Griwa, mas foram espancados por moradores e pelas milícias pró-governo da região.

As autoridades locais disseram que a adolescente que deve ter entre 14 a 16 anos aproximadamente, e seu irmão mais novo foram levados para um lugar seguro.

Ghor é uma das Províncias ocidentais mais pobres do Afeganistão, e muito conhecida por índices altíssimos de violência contra a mulher. 

Nas redes sociais, muitos elogios à adolescente pelo “heroísmo”. 

“Tiremos o chapéu para sua coragem”, disse uma internauta pelo Facebook.

“Sabemos que os pais são insubstituíveis, mas sua vingança lhe trará relativa paz”, disse outro internauta. 

Mesmo tendo assinado acordo de paz com os EUA em fevereiro, o Talibã ainda possui muitos membros pedindo a derrubada do atual governo e da Constituição afegã.

Notícias Relacionadas »
Comentários »