22/07/2020 às 22h55min - Atualizada em 22/07/2020 às 22h55min

Casal batiza o filho de Lúcifer e funcionária se recusa a fazer o registro.

Da Redação
Foto: Reprodução/Google Street View
O nome Lúcifer escolhido por um casal Britânico para batizar seu filho deu o que falar no cartório na hora de emitir a certidão de nascimento. 

A funcionária responsável pelo registro tentou fazer os pais mudarem de idéia, “Ela falou que Lúcifer nunca seria capaz de arrumar um emprego e que os professores não gostariam de ensiná-lo”. Dan e Mandy Sheldon, pais do bebê explicaram que não são pessoas religiosas, e Lúcifer em grego significa 'portador da luz' e 'manhã', mas segundo eles relataram ao tabloide “The Sun”, a funcionária não quis ouvir. 

O casal registrou uma queixa formal pela maneira como foram tratados. O Conselho do Condado de Derbyshire, onde o bebê foi registrado explicou: "Pedimos desculpas se eles se sentiram ofendidos, mas é dever dos nossos notários aconselhar nesses assuntos, pois às vezes as pessoas não têm conhecimento de certos significados ou associações em torno de certos nomes".

O Reino Unido quase não tem restrições legais para nomes, exceto os que contenham números ou obscenidades.

Por fim, o bebê foi registrado com o nome de Lucifer.

Notícias Relacionadas »
Comentários »