16/05/2019 às 14h00min - Atualizada em 16/05/2019 às 14h00min

Legislativo estadual celebra aniversário de criação do Estado de Israel

O evento foi prestigiado por aproximadamente 150 pessoas da comunidade judaica e de outras religiões, num ato de respeito e fraternidade.

Alepa
O 71° aniversário de criação do Estado de Israel foi celebrado em uma Sessão na Alepa, por iniciativa do deputado estadual Fábio Freitas, líder dos Republicanos. (Alepa)

O 71° aniversário de criação do Estado de Israel foi celebrado em uma Sessão na Assembleia Legislativa do Estado do Pará  (Alepa), por iniciativa do deputado estadual Fábio Freitas, líder dos Republicanos. O evento foi prestigiado por aproximadamente 150 pessoas da comunidade judaica e de outras religiões, num ato de respeito e fraternidade.

A Sessão foi presidida por Fábio Freitas que abriu a solenidade lembrando o quanto o povo judeu é forte e o quanto o Estado de Israel é desenvolvido, apesar do pouco tempo de criação. "O objetivo aqui é comemorar esses 71 anos de criação, que pode parecer pouco tempo, mas que podemos ver a potência que o país é, em ciência, tecnologia, economia e quero prestar minha homenagem a esse povo forte, que sobreviveu, e preserva sua história, sua cultura", enfatizou o parlamentar. 

A mesa oficial foi composta, além do deputado proponente, pelo deputado estadual Vitor Dias, que é vice-presidente do Centro Israelita do Pará;  vereador de Belém, Ivanildo França; do representante do Beit Chabad, rabino Aron Kurc; presidente do Centro Israelita do Pará, Jaime Bentes; presidente do Congresso Internacional Israelita da Amazônia, Oro Serruya; pastor Janilson Monteiro, representante da Associação Beneficente de Capelania Social; pastor Miguel França, da Igreja Universal e pelo pastor Adriano Casanova, secretário regional da Sociedade Bíblica do Brasil. 

Para Jaime Bentes, o momento é de comemoração pelo povo judeu e de enaltecer o desenvolvimento alcançado. "Da nossa tecnologia se desenvolveu o robô que é o mais avançado do mundo. Temos avanço na ciência, na medicina e muitos judeus receberam prêmio Nobel", ressaltou. 

Em seu pronunciamento, Oro Serruya agradeceu a homenagem ao deputado Fábio Freitas e falou sobre a proposta do Congresso Internacional da Amazônia ao governo estadual, para promover um intercâmbio com especialistas do estado para conhecer a tecnologia em desenvolvimento rural sustentável, em Israel, para poder multiplicar esse conhecimento em oito municípios paraenses com o menor índice de desenvolvimento humano. "Esta será a nossa contribuição ao governo. Hoje a comunidade judaica em Belém, maior concentração do Pará", disse. Segundo Oro, hoje, Belém conta com uma comunidade de cerca de mil e quinhentos membros, que descendem daqueles que iniciaram a imigração para esta região há 200 anos.

Todos os demais componentes da mesa oficial parabenizaram o ato solene e a importância do Estado de Israel.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »