28/07/2020 às 15h05min - Atualizada em 28/07/2020 às 15h05min

Moradores do Ariri são aterrorizados por quadrilha fortemente armada.

Da Redação
Fotos:Batalhão de Operações Especias(BOPE)
Uma quadrilha que estava praticando furtos e roubos na região do Ariri, comunidade à 33km de Macapá, foi interrompida pelo Batalhão de Operações Especias(BOPE), as ações eram feitas com violência e aterrorizavam as famílias, proprietários rurais e os ribeirinhos. 

A quadrilha utilizava um pequeno arsenal de armas de grosso calibre, centenas de munições, além de motores de popa usados para o deslocamento, tudo isso foi aprendido pela polícia. Foram presos também, dois homens suspeitos de participarem do bando.

 


O difícil acesso à região fez com que fossem utilizadas voadeiras, embarcações e um guia para ajudar na operação. 

O bando era formado por pessoas próximas da região, informa o tenente William Leite, do Bope. A Rotam(companhia do Bope), cercou dois suspeitos na mata, eles não reagiram, mesmo estando armados. 

Foram encontradas com eles 4 armas de fogo, sendo um rifle calibre 22 , 3 espingardas e dois motores com numeração marcada para embarcação. O número de munições chegam a 300.




Os presos foram Jodemias Barbosa Ramos, 26 anos, e Pedro Barbosa Ramos, 31 anos, eles foram apresentados no CIOSP de Macapá, com os materiais apreendidos. 

A operação que foi realizada nesta segunda-feira(27), já tem informações sobre outros participantes, informou a polícia .

Notícias Relacionadas »
Comentários »