29/07/2020 às 19h12min - Atualizada em 29/07/2020 às 19h12min

Após transplante criança precisa de medicamento de custa mais R$4,6 mil mensal para sobreviver.

Da Redação
Foto: Arquivo Pessoal
José Heitor Miranda, de 4 anos luta pela vida desde os dois anos de idade, quando foi diagnosticado que seus rins não funcionavam e ele precisaria fazer uma transplante com urgência. 

No Amapá não tem o tratamento necessário para esse pequeno guerreiro, a família então, teve que se deslocar para Fortaleza, no Ceará, e atualmente o menino está internado em estado grave. 

Depois de um ano de hemodiálise, em novembro de 2019, o pequeno recebeu seu rim novo, mas para evitar a rejeição no novo órgão se faz necessário o uso contínuo de medicação chamada ciclosporina, um injetável que custa R$ 781,00 a caixa com cinco ampolas, são R$ 4. 686,00 por mês para mantê-lo vivo até que o seu organismo se recupere do transplante. 

A mãe do garoto Elma Miranda, que era trabalhadora autônoma em Macapá teve que largar tudo para cuidar do filho em tempo integral, e sem condições financeiras pra custear o tratamento faz um apelo. 

“Peço que, quem puder, que possa me ajudar a salvar meu filho. Qualquer colaboração será bem vinda” disse a mãe do pequeno. 

Quem quiser colaborar pode entrar em contato com a Elma (96) 98141-5923.

Dados para transferência bancária: 

Caixa Econômica 

Nome: Elma Almeida Miranda 

Agência: 0658

Conta Poupança 46777-4

Operação: 013 

CPF: 677.384.862-87

Notícias Relacionadas »
Comentários »