05/08/2020 às 11h53min - Atualizada em 05/08/2020 às 11h53min

Ozônio no ânus? Prefeito de Itajaí vira meme após sugestão de tratamento.

O procedimento não tem eficácia cientificamente comprovada.

Da Redação
Foto: Reprodução/Instagram
O prefeito de Itajaí (SC), Volnei Morastoni (MDB) que é médico defendeu recentemente o uso da ozonioterapia no ânus para tratamento da Covid-19, mas o que ele não imaginava é que a possibilidade de tratamento fosse repercutir tanto. 

Em um novo vídeo publicado na noite de terça-feira (4), em sua rede social pessoal o prefeito defendeu novamente o uso da técnica. 

E disse ainda, “Infelizmente, todo esse esforço em dar mais uma opção de tratamento para a população vem sendo mostrado com escárnio e zombaria. Preocupado apenas em salvar vidas, em proteger a saúde das pessoas, não imaginei que oferecer esse novo tratamento para combater o coronavírus fosse criar uma repercussão tão grande, tantas piadas, memes e manchetes sensacionalistas”.

O prefeito que é médico pediatra e homeopata , recebeu uma recomendação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), para que não use a ozonioterapia para o tratamento da Covid-19.

De acordo com o promotor Maury Roberto Viviani que emitiu a recomendação “O efeito da ozonioterapia em humanos infectados por coronavírus (Sars-Cov-2) é desconhecido e não deve ser recomendado como prática clínica ou fora do contexto de estudos clínicos”. 

Mas segundo trecho do vídeo do prefeito, “É uma aplicação simples, rápida, de dois ou três minutinhos por dia, provavelmente vai ser uma aplicação via retal. É uma aplicação tranquilíssima, rapidíssima de dois minutos com cateter fino, e isso dá uma resultado excelente".

Notícias Relacionadas »
Comentários »