08/08/2020 às 16h21min - Atualizada em 08/08/2020 às 16h21min

‘Pude acompanhar mais de perto a educação da minha filha’, diz pai sobre atividades não presenciais.

O isolamento social por conta da pandemia do coronavírus reafirmou a importância da união da família e da valorização da figura paterna dentro de casa.

Ascom Gea
Foto: Arquivo Pessoal
Durante a pandemia, pai e filha criaram rotina para a realização das atividades escolares em casa.

Celebrar a importância da figura paterna presente nas famílias é uma tradição que acompanha a evolução da sociedade há muitos anos. Homenagens, presentes e lembranças dos momentos, são registros que muitas das pessoas utilizam para comemorar o dia dos pais, este ano celebrado no domingo, 9 de agosto.

O funcionário público João de Jesus Gama é pai da estudante Ana Clara Gama, de 14 anos. Ela cursa o 8º ano do ensino fundamental na escola Estadual José do Patrocínio, localizada no distrito da Fazendinha. Ele destacou a importância da família nesse momento e deu ênfase na relação que criou com sua filha.

“Este momento serviu para a nossa família perceber a importância da união. Pude acompanhar mais de perto a educação da minha filha, dar mais carinho e afeto à ela. Acompanhar os estudos e ajudar nas atividades quando precisa, era algo que às vezes passava batido, mas que agora pude reforçar”, comentou o pai.

Para a estudante Ana Clara Chaves esse momento de aproximação pode proporcionar estímulos para manter a atenção nas atividades, que estão sendo realizadas em casa por conta do isolamento social.

“Durante esse momento de pandemia eu e meu pai criamos uma rotina para a realização das minhas atividades da escola. Essa atenção que eu recebia dele e ele recebia de mim durante essas rotinas foi muito importante para desenvolver o meu aprendizado e também o nosso elo de pai e filha”, disse a estudante.

As escolas vêm trabalhando dentro dos ambientes escolares como a figura parterna é importante para o desenvolvimento do estudante, já que é o responsável por desenvolver dentro de casa métodos que auxiliem no processo de ensino-aprendizagem dos alunos para a sala de aula, ampliando a concepção de somente criar, indo também à acolher e educar o seu filho.

Neste ano, devido a pandemia de covid-19, algumas escolas, de forma virtual, estão trabalhando outros meios de homenagear os pais. Como na escola Gabriel de Almeida Café, que vai utilizar suas redes sociais para divulgar homenagens que objetivam trabalhar a valorização da figura paterna.

“A nossa escola vai utilizar suas redes sociais para divulgar essa comemoração, pois sabemos que é importante ter um pai acompanhando a aprendizagem do adolescente, fazendo o filho se sentir mais valorizado, e assim ambos vão perceber que existe uma ligação entre a escola e a família”, reforçou o diretor-adjunto, Natanael Pereira Isacksson.

No Brasil a celebração do dia dos pais iniciou em 16 de agosto de 1953. Depois de alguns anos a data começou a ser comemorada no segundo domingo de agosto, seguindo a mesma ideia do dia das mães, em não possuir uma data fixa.

Em diversos setores as comemorações são marcadas com muitas homenagens. Dentro das escolas e das instituições de ensino, durante a semana que antecede a data, são realizadas atividades voltadas para a importância dos pais, enfatizando o valor da figura paterna para desenvolvimento da educação do estudante.

 

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »