08/08/2020 às 16h49min - Atualizada em 08/08/2020 às 16h49min

Rede estadual de ensino retoma aulas não presenciais na segunda-feira, 10.

A volta às aulas segue o plano estratégico da Seed para manter o vínculo com os estudantes e aliviar os prejuízos ocasionados pela pandemia.

Ascom Gea
Foto: Valdeí Balieiro
Desde o início e sem a estimativa de quando a pandemia irá acabar, o Amapá passou a analisar possibilidades de retomar as aulas sem comprometer a saúde de seus estudantes e educadores.

As escolas estaduais do Amapá retornarão às aulas não presenciais, ou seja, de forma remota, a partir do próximo dia 10 de agosto. A secretaria de Estado da Educação (Seed) organizou um plano estratégico que inclui atividades on-line, através do Portal Aprendizagem em Casa, videoaulas, livro didático, atividades impressas e transmissão das aulas através da TV Assembleia.

Desde o início e sem a estimativa de quando a pandemia irá acabar, o Amapá passou a analisar possibilidades de retomar as aulas sem comprometer a saúde de seus estudantes e educadores.

No período de 3 a 7 de agosto foi realizada a semana pedagógica da rede estadual. Gestores, coordenadores pedagógicos e professores participaram da formação e realizaram o planejamento para viabilizar o atendimento aos estudantes de forma não presencial. Cada escola define seu plano de ação com base nas diretrizes estabelecidas pela secretaria de Estado da Educação.

Para o fortalecimento das ações pedagógicas do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental foram distribuídos 88 mil kits pedagógicos do programa Criança Alfabetizada. São contempladas com esse material escolas das redes municipais e estadual.

De acordo com a Seed, o principal desafio dessa retomada será monitorar a participação dos estudantes e não deixar nenhum aluno desconectado com a unidade escolar, por isso, a utilização da tecnologia, livros didáticos, materiais impressos e uma avaliação diagnóstica possibilitará saber se o aluno está conseguindo assimilar essa nova forma de ensino.

Ainda segundo a Seed, para implementar as estratégias de Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNP), cada escola recebeu orientação de técnicos da secretaria para elaboração de seu plano de trabalho, levando em consideração, levantamento de equipamentos e recursos educacionais digitais necessários.

 

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »