14/08/2020 às 22h34min - Atualizada em 14/08/2020 às 22h34min

Foragido da Justiça condenado a 64 anos de prisão no Amapá é capturado no Pará.

Da Redação
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Gildson Loureiro da Silva, que foi condenado pela justiça do Amapá a 64 anos de prisão, estava foragido e foi capturado nesta sexta-feira (14), em Monte Alegre no Pará, após troca de tiros com a Polícia Militar. 

Segundo o comandante do 18* Batalhão Gurupatuba que foi responsável pela captura  do indivíduo, trata-se de um bandido perigoso e violento, que vinha fazendo estragos pela região. 

“Esse cidadão já vinha causando transtornos aqui em Monte Alegre, já vinha inclusive cometendo crimes aqui. Ele entrou numa residência, onde o proprietário acordou no meio da noite e foi esfaqueado pelo elemento. Ele fez a filhinha da vítima de refém para obrigar a mulher a entregar objetos de valor. Já havia estuprado uma mulher e havia mais três denúncias contra ele de tentativa de estupro", declarou o comandante.

A Polícia estava monitorando o foragido e através de denúncias anônimas conseguiu localiza-lo. O bandido reagiu atirando na direção da equipe policial que revidou para se defender. Na troca de tiros ele foi atingido por dois disparos na altura do quadril, e encontra-se no hospital.

Em posse de Gildson, foi encontrado 1 revólver calibre 22, 4 munições intactas, 3 munições deflagradas, 3 chaves mestras para arrombamento e 1 identidade falsa.

A ficha criminal do bandido é bem extensa. Ele foi condenado pela Justiça do Amapá a 64 anos, de prisão em regime fechado, pelos crimes de homicídio qualificado, latrocínio, roubo e furto.

Notícias Relacionadas »
Comentários »